Salvador, 25 de September de 2018
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Um critério universal para votar. Por Luiz Carlos Bresser-Pereira
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Cidadania
Seg, 12 de Março de 2018 10:51

Luiz-Carlos-Bresser-PereiraA crise da democracia brasileira foi desencadeada pelo impeachment que todos – e não apenas seus opositores – sabiam tratar-se de um golpe. Uma violência contra a democracia que a classe média tradicional justificou com a corrupção, mas, afinal, realmente corrupto foi o governo resultante.

Que os economistas liberais e as elites financeiro-rentistas justificaram com a necessidade de ajuste fiscal e de reforma da previdência, mas o governo foi irresponsável no plano fiscal e fracassou em realizar a reforma.

A política está sujeita a contradições, mas precisa ser autêntica. Políticos podem ser liberais ou desenvolvimentistas, conservadores ou progressistas, mas precisam acreditar nos seus valores e agir de acordo com ele. Não podem ser cínicos.
A perspectiva de todos é que as próximas eleições abram o caminho para a superação da crise política. Mas isso só acontecerá se a autenticidade e não o cinismo definirem o candidato eleito.

Este critério, a crítica do cinismo, é para mim o critério universal – o critério que todos deveriam adotar ao votar em outubro próximo. Satisfeito esse critério, cada eleitor adotará o critério que considerar mais importante. Para mim, por exemplo, três critérios são fundamentais para a escolha do presidente da República:

Primeiro, ele deve ter um projeto macroeconômico de desenvolvimento baseado na superação da armadilha de juros altos e câmbio apreciado no longo prazo que, desde 1990, impede os investimentos, desindustrializa o Brasil e o faz ficar cada vez mais para trás no plano econômico.

Segundo, ele deve ser um verdadeiro político – alguém que sabe fazer compromissos mas está determinado e tem a força interna necessária para levar adiante seu projeto.

Terceiro, ele deve estar comprometido com a diminuição da desigualdade e ter como principal instrumento para isso uma reforma tributária progressiva, que faça os ricos pagarem proporcionalmente mais impostos do que os pobres.

 

 

 

Compartilhe:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 18.0.2018.016Discotecagem Dj Gug. Lebowski. 18 Ago 2018
  • 18.8.18.024Despedida de Zimba Selector. Red. 18 Ago 2018
  • 18.08.18.014Salsa Bahia. Boteco 68. 18 Agosto 2018
  • 10.08.2018.144Grupo Botequim. Patio Igreja. 10 Ago 2018
  • 10.08.18.089Maracatu Ventos de Ouro. Casa Preta. 10 Ago 2018
  • 10.8.18.028Bruna Barreto e Conv.. Lebowsky. 10 Ago 2018

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

GALERIAS DE ARTE

Mais galerias de arte...

HUMOR

  • Sumário_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?