Salvador, 18 de September de 2019
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
As ilusões perdidas. Por Cláudio Guedes
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Dando o que Falar
Sáb, 22 de Junho de 2019 16:23

Claudio_GuedesUma parte da esquerda brasileira, antipetista por vocação, está chateada porque The Intercept envolveu FHC no escândalo envolvendo Moro e o MPF do Paraná.

É a esquerda fofa.

A mesma esquerda que fechou os olhos não apenas à corrupção tucana, de FHC, Aécio Neves, José Serra e Aloysio Nunes, como à hegemonia conquistada pelo PSDB em São Paulo, onde o poder executivo, comandado pelos tucanos, manipula, corrompendo-os, há mais de duas décadas, os poderes legislativo e judiciário.

A tragédia brasileira do presente se, por um lado, foi alimentada pelos erros políticos cometidos pelo PT na tolerância com a corrupção - particularmente a dos seus aliados PMDB e PP, que comandaram os maiores esquemas de desvios de recursos nas empresas estatais nos governos petistas -, teve nos tucanos o elemento impulsionador decisivo.

FHC e o PSDB ao apoiarem a farsa do impeachment de Dilma Rousseff e a exclusão de Lula, pela armação judicial da república de Curitiba, esperavam herdar o eleitorado de centro e parte do de centro-esquerda, que foi decisivo para as seguidas vitórias do PT de 2002 a 2014, e contavam não perder a maioria dos seus eleitores de centro e centro-direita.

Como a política é também uma “caixinha de surpresas”, o que ocorreu foi o oposto do cálculo do ex-príncipe dos sociólogos & seus comandados: o eleitorado de centro e centro-direita abandonou os tucanos e o eleitorado do PT, em grande parte, apesar da blitz midiática antipetista, permaneceu fiel ao partido.

A ascensão da extrema-direita no país se deu em cima dos tucanos como mostra, de forma cristalina, os resultados do pleito presidencial de 2018: a boa votação do PT, a debacle de Alckmin e a vitória de Bolsonaro facilitada após FHC e Ciro Gomes recusarem o apoio ao moderado candidato petista.

Como este quadro, a pergunta é inevitável. São FHC, Doria, o poderoso governador de São Paulo, e os tucanos em geral, aliados das forças democráticas e progressistas que buscam se contrapor ao governo direitista de Jair Bolsonaro?

Não. Não são.

Pensar que sim é alimentar ilusões que se perderam.

Até, em muitas questões importantes, particularmente as decorrentes dos delírios fascistas do presidente eleito, estarão os tucanos com a oposição e não devem ser rejeitados. Nunca devemos rejeitar os que se contrapõem ao autoritarismo, mesmo que suas motivações sejam apenas oportunismo de ocasião.

Os tucanos farão este movimento pendular, claramente exposto nas declarações de FHC dos últimos meses, que ora apoia discretamente o governo Bolsonaro, ora manifesta um tímido desconforto com os arroubos autoritários do presidente. É um comportamento calculado, basicamente movido por oportunismo, como sempre.

FHC e a esquerda fofa não têm compromissos permanentes com a democracia, nem com um projeto de desenvolvimento nacional socialmente equilibrado, nem com políticas públicas de resgate dos grupos sociais excluídos, secularmente, no processo de desenvolvimento conduzido por nossa elite predadora e egoísta.

FHC, os tucanos e seus aliados preferenciais, os antigos pefelistas, hoje no DEM, são instrumentos políticos das elites que controlam a banca, as finanças e as grandes corporações nacionais e internacionais.

Digo Instrumentos apenas por gentileza.

Deveria dizer, sendo preciso, que são empregados, apenas empregados, do grande capital financista e empresarial e da estratégia deste de manutenção do Brasil como um país periférico, dependente e onde o mundo do trabalho seja apenas sócio menor, desprotegido, da volúpia do capital.

Compartilhe:

 

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 06.03.19.081Patuskada para Exu Bouzanfrain. 06 Mar 2019
  • 05.03.19.229Carnaval no Pelô. Alb 2. 05 Mar 2019
  • 05.03.19.035Carnaval no Pelô. Alb 1. 05 Mar 2019
  • 04.03.19.185-1Ilê Aiyê. Campo Grande. Alb 2. 04 Mar 2019
  • 04.03.19.256Ilê Aiyê. Campo Grande. Alb 1. 04 Mar 2019
  • 04.03.19.156Mudança do Garcia. Festa Ednice. 04 Mar 2019

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Cocaina_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?