Salvador, 21 de February de 2020
Acesse aqui:                
Banner
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Para baixo e avante por Claudia Tajes
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Dando o que Falar
Ter, 11 de Fevereiro de 2020 03:13

Claudia_TajesÉ de se perguntar o que levou o governo de Rondônia a recolher clássicos da literatura sob o argumento de “conteúdo inadequado”. Ignorância, com certeza. Burrice, por óbvio. Obscurantismo, claro. Mas tudo isso ainda parece pouco quando olhamos os títulos.

Que critérios, que razões, o que determinou a montagem da lista?

Bem que o secretário de Educação tentou engambelar, “é fake”, mas acabou mudando a versão para “não acompanhei o trabalho durante a semana”. Com a grita, o memorando medieval ficou sem efeito. É o velho jogo do bota e tira, tão comum hoje em dia: faz-se uma patacoada, depois volta-se atrás —como se isso apagasse o vexame. Fica vermelha, cara sem vergonha.

Tento imaginar alguns critérios para a lista. “Mar de Histórias”, de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira: esse aí deve ser parente daquele cantor comunista, recolhe. “Diário de um Fescenino”: fescenino? Boa coisa não é, já basta a juventude ser maconheira, só  falta ficar fescenina também.

“Secreções, Excreções e Desatinos”: é tipo “golden shower”? Aos costumes. “O Melhor de Nelson Rodrigues”. E desde quando Nelson Rodrigues tem melhor, aquele degenerado?

“O Castelo”, de Kafka. Que Kafka, o quê? É Kafta. Imagina o que deve ter de erro lá dentro se nem o nome do autor vem certo. “Os Sertões”, de Euclides da Cunha. Mas pra quê dar ideia de revolta pra esse bando de miolo mole? Só se for pra tropa cagar todo mundo a pau, igual nessa porcaria aí.

“Memórias Póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis: quem é esse tal de Machado de Assis? Bota autor conhecido nessa lista, cacete. “13 dos Melhores Contos de Amor”, de Rosa Amanda Strausz: pra começar, literatura boa é escrita por homem. Um livro com um monte de desocupado se esfregando, uns até do mesmo sexo, e vem dizer que é amor? Raspa daqui.

Ao pé da lista, uma breve observação: todos os livros de Rubem Alves devem ser recolhidos. Rubem Alves, autor de uma obra singela, entrou de gaiato na história, confundido com Rubem Fonseca, esse sim campeão de indicações no ataque medieval de Rondônia. Mais um prêmio para ele, junto com o Camões e os tantos Jabutis que já ganhou.

Em meio a tudo, ao menos um motivo para admirar o presidente: ele é imbrochável. Que sorte. Porque, se a pessoa tiver um mínimo de sensibilidade nesse hospício geral, nunca, nunca mais levanta.

Claudia Tajes

Escritora e roteirista, tem 11 livros publicados. Autora de "Macha".

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/claudia-tajes/2020/02/para-baixo-e-avante.shtml

 

Artigo publicado originalmente em 

Compartilhe:

 

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 08.02.20.022Sarau Kids com Carlinhos Brown. 09 Fev 2020
  • 30.11.19.0515ª Marcha do Emp Crespo 30 Nov por Alberto Lima
  • 01.12.19.018Caminhada Samba. 01.Dez. Por Edgar de Souza
  • 10.11.19.096Festival Radioca.10 Nov, Por Rafael Passos
  • 28.09.19.014Rock Rural Janah e Raul. Casarão. 28 Set 2019
  • 06.03.19.021Patuskada para Exu Bouzanfrain. 06 Mar 2019

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

Mais galerias de arte...

HUMOR

  • Cocaina_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?