Salvador, 19 de October de 2021
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Criminalizar o lawfare e defender as instituições. Por Malu Aires
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Dando o que Falar
Sex, 17 de Setembro de 2021 06:56

Malu_AiresComo pode o Ministério Público não se pronunciar, sabendo que o  MP está lotado por uma quadrilha especializada em chantagem, extorsão, tortura, assassinato e roubo?

A sociedade pode confiar num órgão que, comprovadamente, está a serviço do crime organizado? 

O lavajatismo é um crime de abuso e peculato, não uma ideologia "iluminista", como muitos caras-de-pau defendem. Como o bolsonarismo é um crime de formação de quadrilha e não "um governo irresponsável", como muitos covardes citam.

A elite brasileira é sociopata. Isso não é opinião. É fato. 

 A direita brasileira precisa responder pelos seus atentados contra a democracia, antes de ficar exigindo o perdão do povo. 

 O povo não é juiz. Juiz tá lá num quadriplex. Num quintoplex. Num sextoplex.

Tá tão longe, que nem Deus alcança.Está tão longe da realidade que esperou um inocente cumprir mais de 1/3 de pena para declará-lo inocente. Um pouco caso com as Leis brasileiras, num processo com tanta pressa pra condenar, que só os tentáculos criminosos do lavajatismo em várias instâncias, explicaria. 

 O dilema é que Lula está sendo inocentado pelo mesmo sistema que tirou dele todos os Direitos civis, políticos e humanos, por longos anos. Justiça? Como confiar nessa monstra?

Das instituições maculadas pelo lavajatismo, não há o que se esperar de Legal até que todos os agentes públicos envolvidos sejam afastados e investigados. Há muito perigo de abuso e de abuso com dano irreparável, em órgãos públicos brasileiros. Isso não é opinião. É denúncia internacional. 

 Explicar um Executivo montado e articulado pelo lavajatismo, tornando o Estado o maior  guarda-chuva do peculato com Foro privilegiado, sem qualquer envolvimento do Supremo, é historicamente impossível. 

 O lavajatismo matou gente e foi na posse do genocida. Fez parte do bando.Quem protege o lavajatismo, protege o desmonte, o genocídio, o mais escandaloso retrato de corrupção da história (com laranja, rachadinha, com tudo), integrando parte fundamental na formação dessa quadrilha. 

 O silêncio das instituições que protegem seus agentes corruptos não é direito. É codelinquencia. 

 Zanin fez (brilhantemente) sua parte, mas agora é momento dos JURISTAS pegarem vassoura, mangueira, rodo e empurrar o lavajatismo para o ralo. Criminalizar o lawfare e defender as instituições daqueles que querem destruí-las por dentro.

Compartilhe:

 

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.439Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.312Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.162Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.104Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.211Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.075Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Sumário_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?