Salvador, 27 de September de 2021
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Artigos


O maior desafio teórico aos marxistas na atualidade, por Eliass Jabbour
Economia
Dom, 22 de Agosto de 2021 06:29

elias-jabbourTenho escrito há anos sobre a necessidade de uma nova gama de conceitos, categorias e noções capazes de sintetizar o movimento real gerado por um processo de desenvolvimento rápido e longo, que já dura quatro décadas.

 
Xadrez da Tempestade perfeita contra Bolsonaro, por Luis Nassif
Dando o que Falar
Dom, 22 de Agosto de 2021 06:20

Luis_Nassif3Forma-se a tempestade perfeita. E, desta vez, contra Bolsonaro. Aparentemente, o pesadelo bolsonarista entra na fase agônica. Em breve, será substituído por outros pesadelos, de um país que abdicou do senso civilizatório.

 
Para Bolsonaro, Moraes pode ter sido aperitivo para ataque a Barroso. Por Paulo Moreira Leite
Cidadania
Dom, 22 de Agosto de 2021 06:11

Paulo_Moreira_Leite2Na sexta-feira, ao apresentar um pedido de impeachment contra o ministro Alexandre Moraes, do STF, Bolsonaro permitiu que o país saboreasse uma cena próxima do ridículo  de um presidente cada vez mais impopular e pouco confiável.

 
As razões econômicas e sociais da crise afegã. Por Marcelo Zero
Cidadania
Dom, 22 de Agosto de 2021 05:54

marcelo-zeroOs maiores assassinos do Afeganistão não são os talibãs. Sequer são as forças de ocupação, que mataram cerca de 200 mil afegãos, incluindo crianças, sem que ninguém no Ocidente se comovesse.

 
Cabul, game over. Por Atilio Boron
Dando o que Falar
Qui, 19 de Agosto de 2021 06:35

atilio-boronPela primeira vez na história, Biden terá que negociar com duas potências que Washington define como inimigas e que também selaram uma poderosa aliança

 
O Emirado Islâmico do Afeganistão está de volta com um estrondo. por Pepe Escobar
Dando o que Falar
Qui, 19 de Agosto de 2021 06:29

Pepe_EscobarAo final, o momento Saigon aconteceu mais rápido do que esperavam os "especialistas" dos serviços de inteligência do Ocidente. Essa é para entrar para os anais: quatro dias frenéticos

 
Generais manipuladores. Por Eric Nepomuceno
Dando o que Falar
Qui, 19 de Agosto de 2021 05:55

eric-nepomuceno2A esta altura, ninguém com um mínimo de lucidez tem direito de se surpreender com o demencial destempero de Jair Messias. Pode ser – e é – preocupante a insistência com que se mantém absolutamente furioso, carregado de uma agressividade que ninguém consegue conter.

Última atualização em Qui, 19 de Agosto de 2021 06:04
 
Direita encontra um candidato para chamar de seu. Por Denise Assis
Dando o que Falar
Qui, 19 de Agosto de 2021 05:48
 
A esquerda depois de Jair Bolsonaro. Por Luis Felipe Miguel
Cidadania
Ter, 17 de Agosto de 2021 05:13

Luis_Felipe_Miguel_2Quando o projeto da derrubada de Dilma Rousseff ganhou as ruas, o Congresso e a mídia, com o governo se mostrando singularmente incapaz de reação, vaticinou-se o fim do momento petista da esquerda brasileira.

 
De Saigon a Cabul, EUA colecionam derrotas em guerras. Por Jeferson Miola
Dando o que Falar
Ter, 17 de Agosto de 2021 04:55

Desde o fim da 2ª guerra mundial, no contexto da guerra fria os EUA apoiaram ou promoveram diretamente dezenas de conflitos, intervenções, ataques, atentados, golpes de Estado, invasões e destruições de soberanias ao redor do mundo, em especial em países latino-americanos.

Nestas empreitadas, a potência do Norte tanto colecionou êxitos como fracassos. Cuba é o mais retumbante e longo fracasso; já dura 6 décadas.

Mesmo quando alcançou objetivos imediatos com seu intervencionismo ilegal – como no Haiti e na Líbia, para citar dois exemplos tragicamente emblemáticos – os EUA legaram ao mundo um saldo de longo prazo absolutamente desastroso e catastrófico.

Já nas guerras de longa duração que encabeçaram com suas tropas próprias ou mercenárias em solo estrangeiro, os EUA foram, contudo, fragorosamente derrotados, como aconteceu no Vietnã, Iraque e Afeganistão.

Nestas três guerras, as Forças Armadas mais poderosas do planeta – e, supostamente, imbatíveis – foram escorraçadas por forças de resistência com capacidades bélicas e tecnológicas incomparavelmente menores.

Para a potência imperial que possui uma máquina militar poderosíssima e sem precedentes de comparação em toda história da dominação imperialista, a derrota na guerra do Afeganistão tem o mesmo sabor de vexame e humilhação provado no Vietnã. As imagens dos helicópteros estadunidenses sobrevoando as embaixadas em Saigon [1975] e Cabul [2021] falam por si.

Como assinalou o cineasta estadunidense Michael Moore,

A queda, mais uma vez. A América perde outra guerra. Nossa guerra mais longa. ‘Somos o nº 1 !!’. Gastamos mais de US $ 2 trilhões. Sacrificamos mais de 2.300 vidas de americanos para invadir um país onde Bin Laden nunca foi, em lugar nenhum, encontrado. Bush disse que não tinha interesse em capturá-lo. A equipe de Obama o encontrou em uma casa na mesma rua de ‘West Point’ do Paquistão. Quem diria!

NÓS somos os invasores. O Talibã não é invasor – eles são afegãos – é o país deles! Eles são loucos religiosos. Nós sabemos o que parece – nós temos o nosso próprio!

Que bagunça trágicaReembolsar o complexo militar-industrial (aumentar o financiamento para veteranos!), Reembolsar a NSA e a Segurança Interna. Eles enviaram nossas jovens tropas para a morte. Vergonha! 15 dos 19 sequestradores em 11 de setembro eram da Arábia Saudita! Nem do Afeganistão, nem do Iraque, nem do Irã …

Mais uma vez, fomos derrotados por um exército sem aviões bombardeiros, sem contratorpedeiros, sem mísseis, sem helicópteros, sem napalm – apenas um bando de caras em picapes. Não ganhamos uma guerra real na defesa deste país desde a Segunda Guerra Mundial.

76 anos atrás hoje …”.

A despeito da sua temível força militar, do poder bélico sofisticado, do auxílio de exércitos mercenários e das tecnologias altamente mortíferas, os EUA perderam as guerras prolongadas em que se meteram, deixando um rastro devastador para trás.

Jeferson Miola

Integrante do Instituto de Debates, Estudos e Alternativas de Porto Alegre (Idea), foi coordenador-executivo do 5º Fórum Social Mundial

Artigo publicado originalmente em https://www.brasil247.com/blog/de-saigon-a-cabul-eua-colecionam-derrotas-em-guerras
 
‘Governo Biden não tem estratégia para conter a China’, diz famoso ex-embaixador de Singapura. Por Igor Patrick
Cidadania
Ter, 17 de Agosto de 2021 04:37

Igor_PatrickDe perfil sereno e voz comedida próprios de quem construiu a vida na diplomacia, Kishore Mahbubani é o tipo de intelectual que costuma ser consenso mesmo em lados antagônicos.

 
«InícioAnterior12345678910PróximoFim»

Página 6 de 707

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.434Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.336Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.145Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.105Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.209Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.027Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

Mais galerias de arte...

HUMOR

  • Impeachement_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?