Salvador, 16 de June de 2021
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Cinema & Video
"O Artista Suburbano - personagem da internet ganha filme que narra como os jovens reagem a pandemia
Seg, 19 de Abril de 2021 12:57

O_Artista_Suburbano.jpgCriado em 2015 para a internet, “O Artista Suburbano" reúne situações e comentários humorísticos de um jovem do Subúrbio. Estendido para curta metragem, a obra é o primeiro filme feito no Alto do Cabrito, e narra as aventuras cômicas do personagem no cotidiano da comunidade. O filme estreia em 20 de abril em plataforma digital. 

Interpretado pelo ator Vagner Jesus, que já produziu filmes para internet como o “Nem Me Covid” (2020), “Manual como

Última atualização em Ter, 20 de Abril de 2021 03:08
 
“Os Arrependidos” e “Presidente” são os vencedores do É Tudo Verdade 2021
Seg, 19 de Abril de 2021 00:16

President_Still_1Principal festival dedicado ao audiovisual não-ficcional da América Latina, o É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários divulgou na tarde deste domingo, 18 de abril, os vencedores da sua 26ª edição. Os vencedores dos prêmios de Melhor Longa-Metragem Internacional e Melhor Longa-Metragem Brasileiro terão novas exibições no dia 20 de abril, às 19h e às 21h, respectivamente, na plataforma É Tudo Verdade/Looke.

 
Povos indígenas narram suas histórias em filmes exibidos gratuitamente até o final do mês
Sex, 16 de Abril de 2021 14:05

Festival_Indigena.JefersonPataxA cultura dos povos indígenas está em destaque na segunda etapa da Mostra de Cinema Infantil Luz Mágica, que disponibiliza seis obras do projeto "Um Dia na Aldeia", nas quais os próprios indígenas assumem a narrativa de suas histórias, realizando entrevistas e fazendo as filmagens. As produções podem ser acessadas gratuitamente até o dia 30 deste mês, no site mostraluzmagica.com.br.

Os filmes realizados por indígenas trazem o cotidiano,

 
A Última Floresta promove debate com lideranças indígenas
Qui, 15 de Abril de 2021 16:22

A_ultima_floresta_de_Luiz_Bolognesi_Davi_Kopenawa_Yanomami_Pedro_J_Mrquez“A Última Floresta”,?longa-metragem?dirigido por Luiz Bolognesi (“Ex-Pajé”, “Uma História de Amor e Fúria”) e escrito em parceria com Davi Kopenawa Yanomami, terá debate nesta segunda-feira, 19 de abril, às 19h30, no Youtube do Instituto?Socioambiental?(ISA), no Twitter do @GreenpeaceBR e no Facebook da Gullane. Luiz Bolognesi participa do bate-papo com três lideranças indígenas: o xamã e escritor?Davi?Kopenawa?Yanomami, autor do livro “A queda do céu: Palavras de um xamã yanomami”, a coordenadora executiva da APIB e cofundadora da ANMIGA, mestra em Cultura e Sociedade Sonia Guajajara e o ambientalista, filósofo, poeta e escritor Ailton Krenak, autor de “Ideias para Adiar o Fim do Mundo”, um dos livros mais vendidos da FLIP 2019. A mediação será feita pela antropóloga Lídia Montanha Castro, consultora do Instituto Socioambiental (ISA).

A ação é produzida pela Gullane (dos?irmãos Caio Gullane e Fabiano Gullane)?e Buriti Filmes?(Laís Bodanzky e Luiz Bolognesi),?em parceria com o Instituto Socioambiental (ISA), Hutukara Associação Yanomami, Amazon Watch, Greepeace, Rainforest Foundation US, Rainforest Foundation Norway e Survival International.

O longa-metragem fará sua estreia no Brasil neste domingo, 18 de abril, a partir das 19h, no 26º É Tudo Verdade - Festival Internacional de Documentários. Para assistir ao filme é necessário se cadastrar gratuitamente na plataforma Looke. Há limite de 2 mil visualizações.

“A Última Floresta” retrata?o cotidiano de um grupo Yanomami isolado, que vive em um território ao norte do Brasil e?ao?sul da Venezuela há mais de mil anos. O xamã Davi?Kopenawa?Yanomami?busca proteger?as tradições de sua comunidade?e?contá-las?para o homem branco que, segundo ele,?nunca os viu, nem?os?ouviu.?Enquanto?Kopenawa?tenta manter vivos os espíritos da floresta, ele e os demais indígenas lutam para que a lei seja cumprida e os invasores do garimpo retirados do território legalmente demarcado. Mais de 10 mil garimpeiros ilegais, que invadiram o?local?em 2020, derrubam a floresta, envenenam os rios e espalham Covid e outras doenças entre os indígenas.

O longa teve sua estreia mundial no Festival Internacional de Cinema de Berlim, sendo o único filme brasileiro presente na mostra Panorama. Em 2018, o premiado “Ex-Pajé” esteve na mesma seleção do evento. “A Última Floresta” também foi selecionado para os festivais Visions du Réel, em Nyon, na Suíça, e para o Hot Docs, em Toronto, no Canadá. O filme é?produzido pela Gullane e Buriti Filmes?em?associação?com?a?Hutukara?Associação?Yanomami?e o Instituto?Socioambiental?(ISA). A?estreia no Brasil está prevista para o segundo semestre?de 2021, com distribuição da Gullane.

 

Sinopse:

Em um território?Yanomani?isolado na Amazônia, o xamã Davi?Kopenawa?Yanomani?tenta manter vivos os espíritos da floresta e as tradições, enquanto a chegada de garimpeiros traz morte e doenças para a comunidade. Os jovens ficam encantados com os bens trazidos pelos brancos; e?Ehuana, que vê seu marido desaparecer, tenta entender o que aconteceu em seus sonhos.

 

Elenco:

Davi?Kopenawa?Yanomami,?Ehuana?Yaira?Yanomami, Pedrinho Yanomami,?Joselino?Yanomami, Nilson?Wakari?Yanomami, Júnior?Wakari?Yanomami, Roseane Yanomami,?Daucirene?Yanomami, Genésio Yanomami e Justino Yanomami

Ficha Técnica:

Diretor:?Luiz Bolognesi

Roteiristas: Davi?Kopenawa?Yanomami, Luiz Bolognesi

Diretor de Fotografia: Pedro J. Márquez

Montagem: Rodrigo Macedo

Direção de Produção e Assistente de Direção: Carolina Fernandes

Som Direto:?Rodrigo Macedo

Trilha Sonora: Talita?del?Collado

Mixagem: Armando Torres Jr., ABC, Caio Guerin

Supervisão de Edição de Som e Mixagem: Caio Guerin, Rosana?Stefanoni

Supervisão de Imagem:?Luisa?Cavanagh

Supervisão de Efeitos Visuais: Eduardo?Schaal

Produção?Executiva:?Daniela Antonelli Aun, Ana Saito, Pablo Torrecillas

Produtores:?Caio Gullane, Fabiano Gullane, Lais Bodanzky e Luiz Bolognesi

Produtora:?Gullane e?Buriti Filmes

Produção?Associada:?Hutukara?Associação?Yanomami e?Instituto?Socioambiental?(ISA)

Apoio:?Amazon Watch, Greenpeace, Rainforest Foundation US, Rainforest Foundation Norway, Survival International

Distribuidora:?Gullane

 

Sobre Luiz Bolognesi:

Roteirista premiado, escreveu e dirigiu o longa-metragem de animação?Uma História de Amor e Fúria?(2013),?vencedor do prêmio Cristal de Melhor Longa Metragem em?Annecy. O filme foi exibido nos cinemas de seis continentes e premiado nos festivais de Tóquio, Shangai, Atenas, Bordeaux, Strasbourg, Buenos Aires e pela Academia Brasileira de Cinema. Foi exibido na América Latina pela HBO e TV Globo.

O documentário?Ex-pajé, onde assina o roteiro e a direção, recebeu o prêmio especial do júri nos festivais de Berlim e Chicago, prêmio da Crítica no Festival É tudo Verdade, além de outros prêmios nacionais e internacionais.

Também fazem parte de seu currículo como diretor e?co-diretor, obras como o curta?Pedro e o Senhor, Cine Mambembe, O Cinema Descobre o Brasil,?A Guerra dos Paulistas, Lutas.doc,?Educação.doc, Juventude Conectada?e Guerras do Brasil.doc.

Assina os roteiros dos filmes?Bicho de Sete Cabeças,?O Mundo em Duas Voltas,?Chega de Saudade,?Terra Vermelha,?As Melhores Coisas do Mundo,?Amazônia, Planeta Verde, Elis?e?Bingo -?O Rei das Manhãs. Seus trabalhos receberam prêmios nacionais e internacionais e foram exibidas em países dos cinco continentes.

 

Sobre?Davi?Kopenawa?Yanomami:

Davi?Kopenawa?Yanomami é xamã e porta-voz do povo Yanomami.? Por 25 anos, ele liderou incansavelmente a longa campanha nacional e internacional para garantir os direitos à terra dos Yanomami, pela qual ganhou reconhecimento em todo o mundo e em seu país natal, o Brasil.? 
Davi nasceu por volta de 1956 em?Marakana, uma comunidade Yanomami no norte da Amazônia.? Em 1983, Davi começou a lutar pelo reconhecimento da vasta área habitada pelos Yanomami.? A área Yanomami foi oficialmente reconhecida pelo governo brasileiro pouco antes de sediar a primeira Cúpula da Terra da ONU no Rio de Janeiro, em 1992.? 
Durante os anos 1990 e início dos anos 2000, Davi fez muitas viagens ao exterior para se reunir com órgãos governamentais e ONGs para arrecadar fundos para projetos vitais de saúde e educação com os Yanomami, bem como para expor as ameaças contínuas de garimpeiros, colonos e fazendeiros.

Em 1989, Davi ganhou o prêmio UN Global 500.? Em 1999, Davi foi agraciado com a Ordem do Rio Branco pelo presidente brasileiro Fernando Henrique Cardoso.? Em 2008, o júri do prêmio espanhol?Bartolomé?de?las?Casas concedeu a Davi uma Menção Honrosa.? Em 2012 a Câmara Municipal de Boa Vista (RR) premiou Davi com a Honra ao Mérito.? Em 2019, ele recebeu o prêmio?Right?Livelihood?por seu trabalho na proteção do meio ambiente.? Em 2021, ele se tornou membro da Academia Brasileira de Ciências.

Sobre a Gullane:

A?Gullane?é uma das maiores produtoras e incentivadoras do mercado audiovisual brasileiro, além de uma das principais exportadoras de obras independentes. Fundada em 1996 pelos irmãos Caio?Gullane?e Fabiano?Gullane, já soma em seu catálogo mais de 50 filmes lançados com destaque no cinema nacional e no exterior e 30 séries para televisão e plataformas digitais.

Entre os filmes e séries de destaque estão?"Carandiru", “Bicho de Sete Cabeças”, “O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias”; a franquia “Até que a Sorte nos Separe”; “Que Horas ela Volta?”, "Como Nossos Pais”, “Bingo - o Rei das Manhãs”;?as séries “Alice” e "Hard" (HBO), "Unidade Básica - 1a e 2a temporada" (Universal Canal), “Carcereiros” (Globoplay), “Irmãos Freitas” (Space e?Amazon?Prime), “Ninguém Tá Olhando” e "Boca a Boca” (Netflix).?Já?coleciona mais de 500 prêmios?e?seleções?em importantes festivais de cinema e televisão do Brasil e do mundo como Mostra de Cinema, Festival do Rio, Cannes, Veneza, Berlim, Sundance, Toronto, MIPTV e Emmy.

 

Sobre a Buriti Filmes:

A Buriti Filmes é uma produtora audiovisual independente fundada em 1997 por Laís Bodanzky e Luiz Bolognesi. Ao longo desses anos, produziu cerca de dezesseis obras entre curtas, séries, documentários e longas-metragens.

Na ficção teve sua estreia na competição oficial do Festival de?Locarno?com o filme Bicho de Sete Cabeças (coprodução Brasil/ Itália - 2001) - de Laís Bodanzky. Filme que projetou o ator Rodrigo Santoro para o mundo e que se tornou um clássico na cinematografia brasileira.

Entre os filmes e séries de destaque estão Educação.doc, Cine Mambembe - O Cinema Descobre o Brasil, Mulheres Olímpicas, As Melhores Coisas do Mundo, Guerras do Brasil.doc, Chega de Saudade, As Melhores Coisas do Mundo, Uma História de Amor e Fúria, Como Nossos Pais e?Ex-Pajé.

Suas obras conquistaram prêmios nacionais e internacionais, incluindo o mais importante prêmio de animação mundial, em?Annecy?e melhor filme no Festival de Gramado. Também teve seus filmes exibidos em mais de 30 países.

Durante 15 anos foi responsável pelos os projetos sociais Cine Tela Brasil de ensino e exibição de filmes nas periferias do Brasil, promovendo o encontro entre cinema e educação nas?comunidades de baixa renda. O projeto levou mais de 1.3 milhões de pessoas ao cinema, a maioria pela primeira vez, em 759 bairros de todo o Brasil e produziu mais de 450 curtas de jovens moradores de periferias.

Atualmente produz a animação Viajantes do Bosque Encantado, com direção de?Alê?Abreu ainda sem data prevista de estreia. O longa-metragem de ficção Pedro, com direção de Laís Bodanzky e coprodução Biônica Filmes está em fase de finalização, com previsão de estreia em 2021.

Última atualização em Sex, 16 de Abril de 2021 06:26
 
47º Festival Sesc Melhores Filmes anuncia vencedores eleitos pelo júri especializado e voto popular
Qui, 15 de Abril de 2021 00:00

Festival_Sesc_Melhores_FilmesNa noite desta quarta-feira, 14 de abril, o ator Silvero Pereira anunciou ao vivo, no canal do CineSesc no Youtube, os filmes e artistas eleitos pelo júri especializado e pelo voto popular do 47º Festival Sesc Melhores Filmes. Com a cerimônia digital, o mais longevo festival de cinema de São Paulo abriu a programação de filmes que foram destaques em 2020. Essas produções serão exibidas gratuitamente na plataforma do Sesc Digital até o dia 5 de maio. Além disso, o evento também proporciona ao público encontros e atividades com realizadores e pensadores do cinema.
Tanto júri especializado quanto a votação popular elegeu Pacarrete, de Allan Deberton, o melhor filme nacional, e sua protagonista, Marcélia Cartaxo, a melhor atriz do país em 2020. O filme também foi escolhido pelos dois corpos de jurados como o melhor roteiro, criado por Allan Deberton, André Araújo, Natália Maia e Samuel Brasileiro. Já na categoria internacional, público e críticos

 
Indicado a 6 Oscars: MEU PAI com Anthony Hopkins estreia no A LA CARTE
Qua, 14 de Abril de 2021 00:22
 
Colectiv ganha exibição especial na 26ª edição do Festival É Tudo Verdade
Qua, 14 de Abril de 2021 00:13

Colectiv_ganha_exibio_especial.jpgO É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários, anuncia uma atração especial dentro de sua programação para o dia 18 de abril: o 70º filme de sua programação é Colectiv, de Alexander Nanau, filme vencedor da Competição Internacional de Longas-Metragens do festival em 2020. O longa, indicado este ano ao Oscar® de Melhor Documentário e Melhor Filme Estrangeiro, será exibido ao meio-dia, com limite de 300 visionamentos, na plataforma

 É Tudo Verdade/ Looke.

Logo após sua exibição, às 14h, no Youtube do É Tudo Verdade, o diretor Alexander Nanau será entrevistado pela diretora brasileira Petra Costa, cujo longa-metragem Democracia em Vertigem foi indicado ao Oscar® de Melhor Documentário no ano passado.

Colectiv aborda a corrupção no sistema de saúde da Romênia. Em 2015, um incêndio na boate Colectiv, em Bucareste, matou 27 pessoas e feriu 180. Mais tarde, outras vítimas morreram nos hospitais. Quando um médico vaza informações, um grupo de jornalistas começa a revelar uma imensa fraude no sistema de saúde. Um novo ministro é nomeado e oferece a eles acesso sem precedentes aos bastidores de seus esforços para reformar um sistema corrupto. Um olhar firme sobre o impacto do melhor do jornalismo investigativo.

26ª edição do É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários conta com patrocínio do ITAÚ, parceria do SESC – São Paulo e com o apoio cultural da SPCINE, ITAÚ CULTURAL e CANAL BRASIL. Realização: Secretaria Municipal de Cultura da Cidade de São Paulo e Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo do Governo Federal.


SESSÃO ESPECIAL: COLECTIV

Plataforma É Tudo Verdade/ Looke
18 de abril, às 12h. Limite de 300 visionamentos.

Direção: Alexander Nanau. Romênia/Luxemburgo, 109'
Idioma: romeno – Classificação indicativa: 14 anos

PETRA COSTA ENTREVISTA ALEXANDER NANAU
Youtube | É Tudo Verdade
18 de abril, às 14h.

Como Acessar o Looke:

1. Faça seu cadastro no site  www.looke.com.br.  Um código SMS será enviado para o seu celular para concluir o cadastro.

2. Acesse o site www.etudoverdade.com.br e clique em “Programação”.

3. Clique no filme escolhido e você será direcionado para a página do É Tudo Verdade / Looke

4. Aperte o play e boa sessão!

SAC - Looke

Tel.: (11) 5053-5031

WhatsApp: (11) 98472-9600

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

2ª a 6ª feira – 9h às 21h. Sábados e domingos – 12h às 18h

Assista também pelo celular ou pela Smart TV.

Baixe o app da Looke na sua loja virtual.

Última atualização em Qua, 14 de Abril de 2021 05:21
 
Filmes cults e por que assisti-los é tema do Petra Belas Artes Digital
Seg, 12 de Abril de 2021 13:52
 
47º Festival Sesc Melhores Filmes traz produções nacionais e internacionais do último ano que foram destaque para o público e a crítica
Seg, 12 de Abril de 2021 12:24

Festival_Sesc_Melhores_FilmesGratuita e online, programação acontece de 14/4 a 5/5, com exibição dos filmes mais votados, sessões especiais e homenagem, além de encontros temáticos e curso.

Tradicional festival de cinema do Sesc São Paulo reafirma seu compromisso de inclusão e disponibiliza filmes com recursos de acessibilidade (legendas open/close caption, libras e audiodescrição).

 
Jovens da Cidade Alta e da Cidade Baixa exibem curtas neste sábado no Youtube
Sáb, 10 de Abril de 2021 22:20

Isis__Jovens_da_Cidade_Alta_e_da_Cidade_BaixaTrinta jovens de bairros periféricos de Salvador que tiveram a oportunidade de participar de uma Formação Gratuita em Cinema através do Programa de Formação Cidade Alta – Cidade Baixa: A Gente Faz Cinema, irão exibir dois curtas metragens neste sábado durante a cerimônia de encerramento do projeto que foram beneficiados e que foi produzido pela Tenda Filmes.

Os curtas A Realidade não tiram fériasISIS serão exibidos a partir de seis horas

 
Estreias do À LA CARTE da próxima semana - 15 de abril
Sáb, 10 de Abril de 2021 00:33
 
«InícioAnterior12345678910PróximoFim»

Página 6 de 72

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.397Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.306Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.220Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.012Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.202Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.023Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Golpe_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?