Salvador, 16 de September de 2019
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Música
Calendário de Eventos help
Weekly View
Ver por Semana
Daily View
Veja Hoje
Categories
Ver por Categorias
Search
Buscar
Sounding the Fabric
Segunda-feira 25 Março 2019, 16:00

Acessos : 83

A saxofonista e compositora Ida Toninato, do Canadá, residente do Programa de Residência Artística Vila Sul do Goethe-Institut Salvador-Bahia, se une aos artistas Andrea May, na discotecagem de vinis e efeitos, e Edbrass Brasil, na trombeta e outros instrumentos inventados, para a performance “Sounding the Fabric”, numa fábrica desativada localizada no bairro de Plataforma: a fábrica têxtil São Braz, conhecida como Fatbraz. Aberto ao público, o evento será na segunda-feira, 25 de março, às 16h, em parceria com o Acervo da Laje.

O cenário é inusitado – uma construção abandonada, com janelas abertas, meias paredes quebradas. Sua história não é totalmente conhecida para os artistas, mas está certamente fresca na memória da comunidade: a Fatbraz foi fundada em 1875 e contribuiu para o povoamento e desenvolvimento do bairro até 1959, quando encerrou suas atividades. O vento, sempre presente, e o mar bem próximo são elementos complementares para uma sossegada tarde de encontros sonoros e para celebrar a estranha beleza.

Bolsista do Conseil des arts et des lettres du Quebéc (CALQ) para sua residência na capital baiana, Ida Toninato tem explorado construções abandonadas e acústicas especiais. O local da apresentação foi escolhido após uma visita ao Acervo da Laje, localizado perto da fábrica. Alguns dias depois, ela retornou para conhecer o espaço e encontrou vinis derretidos em frente à construção e o jogo perfeito da luz do sol entre ramos de árvores e paredes jocosas. O vento soprando através das folhas chamou por Edbrass Brasil, construtor de instrumentos musicais e organizador hiperativo da cena da música experimental. Antigos vinis chamaram por Andrea May, performer musical e radialista. “Junto com esses dois novos amigos, estou encantada em criar música em um dos mais belos espaços de Salvador”, afirma Ida.

Sobre o Goethe-Institut Salvador-Bahia – Instituto cultural da República Federal da Alemanha, o Goethe-Institut, fundado em 1951, se dedica a fomentar o diálogo entre culturas e é a maior instituição de ensino de alemão no mundo. Atualmente, dispõe de uma rede de 159 unidades em 98 países de todos os continentes. A unidade do Goethe-Institut Salvador-Bahia foi criada em 1962 e, desde então, promove a aprendizagem da língua alemã, divulga uma imagem abrangente da Alemanha e realiza colaborações locais, nacionais e internacionais na área da cultura, com numerosos parceiros públicos e privados. É um espaço disposto ao exercício artístico-cultural, realizando ações próprias e oferecendo suporte a iniciativas de variadas espécies. Dispõe de teatro, foyer, galerias, biblioteca, ateliês, estúdios, salas de aulas, praças, pátio e café. Após mais de meio século de atividades contínuas na cidade, iniciou, em 2016, o Programa de Residência Artística Vila Sul, com a proposta de fortalecer interlocuções entre o Brasil e demais países do hemisfério Sul a partir do acolhimento de artistas e agentes culturais de diversas áreas, linguagens e origens. Mais de 60 residentes já experimentaram esta oportunidade.

Sobre o Acervo da Laje – Espaço de memória artística, cultural e de pesquisa sobre o Subúrbio Ferroviário de Salvador (SFS), região que reúne aproximadamente 10% da população da capital baiana, segundo o IBGE. Definido como Casa, Museu e Escola, sua galeria, distribuída nas Casas 1 e 2, é composta por biblioteca, coleção de discos, fotografias, manuscritos, tijolos, azulejos e porcelanas antigas, artefatos históricos, quadros e esculturas, entre outras peças. Criado em 2010 pelo casal de educadores José Eduardo e Vilma Santos, a primeira mulher negra a fundar um museu na periferia, o Acervo da Laje fica localizado em São João do Cabrito, bairro vizinho a Plataforma, e está aberto para visitação pública. Interessados devem fazer agendamento através dos telefones (71) 3401-7804, 99382-8185 e 98637-8051, do Facebook do Acervo da Laje ou do site www.acervodalaje.com.br.

“Sounding the Fabric”
Ida Toninato (Canadá) + Andrea May e Edbrass Brasil (Brasil)

Quando: 25 de março de 2019 (segunda-feira), 16h
Onde: Escombros da fábrica têxtil São Braz – Fatbraz (Plataforma)
Quanto: Gratuito
Classificação indicativa: 12 anos

 

Valor Gratuito

Atrações: Ida Toninato (Canadá), Andrea May e Edbrass Brasil. Canadense residente do Goethe-Institut e dois artistas locais fazem encontro sonoro que explora o ambiente da abandonada Fatbraz

Localização  Fábrica Têxtil São Braz – Plataforma
R. Ursula Catarino, 147 - Plataforma,
Brasil/Bahia/Salvador
40710-680
(71) 3398-2887

Compartilhe:

Voltar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 06.03.19.111Patuskada para Exu Bouzanfrain. 06 Mar 2019
  • 05.03.19.176Carnaval no Pelô. Alb 2. 05 Mar 2019
  • 05.03.19.040Carnaval no Pelô. Alb 1. 05 Mar 2019
  • 04.03.19.287-1Ilê Aiyê. Campo Grande. Alb 2. 04 Mar 2019
  • 04.03.19.222Ilê Aiyê. Campo Grande. Alb 1. 04 Mar 2019
  • 04.03.19.147Mudança do Garcia. Festa Ednice. 04 Mar 2019

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Impeachement_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?
 

Compartilhe: