Salvador, 12 de August de 2020
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Objetos multifunções são salvação para moradias compactas
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Ter, 10 de Março de 2020 20:30

T3Arquitetura_Foto__Lucas_Silva_1Em meio a imóveis com espaços cada vez menores, tornou-se uma tarefa árdua para brasileiros?—?que já vivem a realidade de microapartamentos com 10 m² —?aliar a beleza dos artigos decorativos à funcionalidade dos móveis.

Segundo pesquisa feita pela Secovi-SP —?maior sindicato do mercado imobiliário da América Latina?—?apenas a última década da cidade de São Paulo concentrou uma diminuição de 27% no espaço dos novos apartamentos. Ainda segundo a pesquisa, a popularidade de moradias compactas parte da preferência do público, aproximadamente 60%.

Para a arquiteta e urbanista Fernanda Messias, a popularização de moradias pequenas levou à procura pela adaptação desses ambientes. Sem perder a esbelteza, Fernanda propõe cômodos multifuncionais como válvula de escape para locais compactos.

Ambientes com múltiplas funcionalidades serve, sobretudo, para otimizar espaços. Uma penteadeira, por exemplo, pode ser uma bancada de trabalho. Outros cômodos em potencial, como as populares salas de TV ou Offices podem se tornar, ao mesmo tempo, um quarto para hóspedes”, explica.

A frente da T3 Arquitetura, Fernanda atenta que qualquer ambiente está apto para novas funções, desde que as dimensões atendam ao mínimo para as atividades que se visa praticar. Segundo a arquiteta, integrar ambientes, utilizar prateleiras, diminuir o excesso de objetos, usar móveis dobráveis e mobília funcional são dicas essenciais para adaptar espaços compactos.

Complementando, a profissional atenta para a iluminação dos ambientes, fator que não deve ser subestimado na hora de projetar moradias pequenas. “Uma boa iluminação, além de trazer aconchego e beleza aos ambientes, é peça fundamental na construção do projeto, destacando a decoração e dando a sensação de espaços mais amplos. Luz natural e ‘trilhas’ de lâmpadas, por exemplo, estão cada vez mais na moda”, elucida.

Desmistificando a narrativa de encher espaços mal aproveitados com quinquilharias, Fernanda acredita que bons projetos já devam captar a essência do que se planeja suprir no dia a dia.

A beleza das moradias devem ser consequência de vários fatores do projeto, desde iluminação, mobiliários, cores, marcenarias, papéis de paredes e outros. Boas plantas não devem ter a finalidade de ‘tapar buracos’, e para tal, é preciso distinguir ‘objetos para vislumbre’ de ‘objetos funcionais’. As peças “de vislumbre” servem apenas para personalizar a produção final, enquanto os funcionais são essenciais para dar versatilidade aos ambientes”, conclui.

Para saber mais a respeito sobre reforma de apartamentos, e sobre a T3 Arquitetura, acesse instagram.com/t3_arquitetura/ ou www.t3arquitetura.com.br.

Compartilhe:

 

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.424Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.306Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.182Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.036Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.160Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.140Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Aves de Rapina_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?