Salvador, 20 de agosto de 2017
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Casa do Governo inicia atividades na Flipelô com cultura popular, exposições e homenagem a Jorge Amado
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Qui, 10 de Agosto de 2017 19:50

Casa_do_GovernoAbriram-se as portas neste segundo dia de Flipelô da Casa do Governo, instalada na sede do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), no Largo do Pelourinho. Durante todo o dia, centenas de pessoas, entre estudantes, turistas, participantes da festa e curiosos visitaram as exposições e participaram das atividades promovidas pela SecultBA no espaço, que permanece aberto durante toda a festa, que termina no domingo, 13.

No hall de entrada da casa, o visitante se depara com uma variedade de peças e brinquedos extraídos das culturas populares. Estão por lá espalhados figurinos coloridos de baianas, bois multicores, bonecos artesanais e caixas de lambe-lambe que guardam um universo lúdico, habitado por personagens das histórias de Jorge Amado, como O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá. A artista Janice Santos é a responsável por esta adaptação da obra infantil do escritor. “Esse espetáculo foi criado no centenário de Jorge Amado em um projeto pedagógico de inclusão cultural e artística por conta de se trabalhar questões sérias como o preconceito. Cada um que assiste dentro desse formato que o lambe-lambe nos permite pode tirar suas conclusões e perceber todas as possibilidades existentes nessa linguagem”, explica a arte-educadora e há mais de 10 anos integrante do Teatro Lambe-Lambe.

Entre os destaques da programação, o artista plástico Denissena durante todo o dia preparou ao vivo a sua exposição grafitada, “Vida e Histórias de Jorge Amado”, Composta por 22 quadros grafitados, a exposição retrata personagens, pessoas e momentos da vida do escritor.   “O diferencial desse formato de exposição é que convida o público a acompanhar o processo criativo e estimula a proximidade e o diálogo com o artista, que às vezes parece tão distante das pessoas”, explica.

Falando em interatividade, os visitantes da Casa também mergulharam as mãos na argila, como as oficinas de cerâmica, realizadas em parceria com o CFA do SESC, que aconteceram durante todo o dia. Pela manhã, a oficineira Graça Laurentino ensinou a esculturas com argila, com o tema Frutas Prediletas de Jorge Amado. “Todas as frutas são daqui, como caju, jenipapo, graviola, porque Jorge Amado era um homem com uma visão mais além, mas que valorizava o que era regional. É isso que faz a diferença no trabalho dele”, explica Graça. Durante a tarde, foi oferecida uma oficina de cerâmica no torno. A atividade continua na sexta-feira.

O dia foi encerrado ao embalo de canções de co-autoria de Jorge e composições inspiradas na obra do escritor, que fizeram parte do repertório do Concerto Para Jorge Amado, com a Orquestra ComPassos, que tomou a frente da Casa do Governo. “É a primeira vez que apresentamos este concerto, elaborado especialmente para a Flipelô”, conta o maestro Raimundo Passos. Canções como Modinha Para Tereza, Jubiabá, Beijos Pela Noite, É Doce Morrer no Mar, Tieta e Gabriela não ficaram de fora da apresentação que encantou o público no Largo do Pelourinho.

Multimídia - Em parceria do CCPI com a Funceb, no 1º andar da Casa do Governo teve início a exibição de 20 VTS dos artistas selecionados no Grafias Eletrônicas, projeto desenvolvido junto ao Irdeb. Além disso, os participantes da Festa Literária puderam conhecer o portal do Mapa da Palavra.BA, tendo acesso à produção  literária de artistas da Bahia. Os visitantes receberam livros lançados por meio do Fundo de Cultura - Setorial Literatura;  os quatro volumes das revistas CartoGRAFIAS, lançadas em 2016 através do Mapa da Palavra.BA; exemplares dos livros Autores Baianos, lançados em 2013 e 2014. Também está em cartaz na Flipelô a mostra do projeto "Memórias de Leitura”, da Fundação Pedro Calmon, com depoimentos de leitores falando de suas primeiras experiências de leitura. Os vídeos trazem relatos de como pessoas comuns ampliaram sua visão de mundo ao descobrir o prazer pela leitura.

FLIPELÔ ocupa museus, teatros, cinema, praças e espaços dos mais diversos do Centro Histórico.  De 9 a 13 de agosto, as ruas e espaços culturais do Centro Histórico se tornam palco de uma programação diversificada, que envolve saraus, debates, encontros, oficinas literárias, apresentações teatrais, leituras dramáticas, exibições de vídeo e shows musicais, com atividades que atendem aos públicos adulto e infanto-juvenil. A abertura do evento acontecerá na Igreja de São Francisco, com um Sarau de Maria Bethânia, no dia 9 de agosto, às 20h em uma apresentação para convidados. O projeto, que comemora os 30 anos da Fundação Casa de Jorge Amado, será também uma grande homenagem ao escritor Jorge Amado, na medida em que traz o PELOURINHO, cenário de parte da sua obra, para o roteiro de eventos literários, além de festejar Zélia Gattai e Myriam Fraga. A programação da SecultBA no evento é promovida através de suas unidades vinculadas: a Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), o Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), a Fundação Pedro Calmon (FPC), a Diretoria de Museus (Dimus) e o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac). Confira a programação emwww.cultura.ba.gov.br

Compartilhe:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 16.08.17.031Inúdidùn & Portela Açúcar. Aboca 16 Ago 2017
  • 12.8.17.010Afrikadelic. Dls Riffs e Gug. Lebowski 12 Ago 2017
  • 12.08.17.061Cazuze e Abuse. Varanda do Sesi, 12 Ago 2017
  • 11.08.17.135Grupo Botequim. Alb 2. Pátio Igreja. 11 Ago 2017
  • 11.08.17.078Grupo Botequim. Alb 1. Pátio Igreja. 11 Ago 2017
  • 06.08.17.079Bodega. Ana Carmo e Rariú. Chupito. 06 Ago 2017

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Lava Jato_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?