Salvador, 27 de June de 2019
Acesse aqui:                
Banner
facebookorkuttwitteremail
Experimentação sonora, performances artísticas, concerto e bate-papo marcam reabertura do Coaty
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Qua, 05 de Junho de 2019 14:12

FernandoSardoNeste sábado (08), uma das mais tradicionais edificações da capital baiana reabre as suas portas ao público após três anos: o Coaty. Com projeto arquitetônico assinado pela italiana Lina Bo Bardi (1914-1992), fincado na encosta da fachada de Salvador, na Ladeira da Misericórdia, com vista para a Baía de Todos os Santos, o espaço servirá de palco para a primeira apresentação aberta ao público dos artistas residentes do projeto InstruMentes – música para (re)invenção.

A noite ainda terá concerto inédito com o saxofonista Ken Vandermark (Chicago) e o baterista Paal Nilsen Love (Noruega). O evento é gratuito e segue das 17h às 22h.

Os músicos-inventores da luteria orgânica e digital, Fernando Sardo (SP), Bella (RJ/SP) e Victor Valetim (BA/DF), irão partilhar com o público os instrumentos musicais e instalações sonoras criadas ao longo desta semana, durante o primeiro ateliê coletivo do InstruMentes. As obras, inclusive, foram concebidas em harmonia com o espaço, dialogando com a arquitetura local, a estrutura física e a natureza ao redor.

“Integrar esses dois universos, da minha criação com materiais físicos e orgânicos, ao lado de Bella e Victor, que fazem o mesmo caminho só que pela musica eletrônica, foi muito rico pra nós e também será para quem estiver ali presente”, pontuou Fernando Sardo, que ministrou a primeira oficina do projeto, na semana passada, com jovens integrantes de projetos sociais de formação musical (Quabales, NEOJIBA, Projeto Axé, Didá, Rumpilezzinho e Pracatum) para criação de instrumentos a partir de materiais como tubos, canos, mangueiras, latas, bambu, cabaça e cobre. “É um processo de criatividade total, desde a criação dos instrumentos até a forma como vão culminar para criar novas expressões orgânicas”, enfatizou.

A programação deste sábado ainda conta com a apresentação de dois nomes referência da cena contemporânea, considerados dos mais criativos e enérgicos músicos do “Free Jazz”: Ken Vandermark e Paal Nilsen Love, em sua primeira turnê no Brasil – além de Salvador, também irão se apresentar no Rio de Janeiro e em São Paulo. O concerto é fruto de parceria com o Ciclo de Música Contemporânea - CMC, que desde 2016 promove encontros musicais de livre improvisação na capital baiana.

Preservação e arte - Localizado entre a Cidade Alta e a Cidade Baixa, o conjunto arquitetônico do Coaty foi requalificado pelo InstruMentes, com financiamento do programa Rumos Itaú e apoio da Fundação Gregório de Mattos. As intervenções, que duraram dois meses, incluíram a reforma da escada externa e guarda-corpo, pintura, alvenaria, instalação elétrica e concertos gerais. O espaço, inaugurado no final da década de 1980, como parte do Plano de Recuperação do Centro Histórico de Salvador, estava fechado desde 2016. “Após o InstruMentes, o Coaty ficará de legado pra Salvador, revitalizado e pronto para receber novos projetos de ocupação do centro da cidade, reunindo gente em torno da arte”, pontuou a produtora cultural Lívia Cunha, à frente do InstruMentes ao lado da também baiana Alana Silveira.

A programação inclui mais uma residência, em julho (de 15 a 20), reunindo os artistas-criadores Roberto Michelino (SP), Sofia Galvão (PE) e Marco Scarassatti (SP/MG) e que também irá resultar em apresentação aberta ao público. Ainda serão realizadas duas novas oficinas (de osciladores sonoros, e formas orgânicas e eletrônicas de produzir música), voltadas majoritariamente a jovens de projetos sociais de formação musical. Ao final do projeto, todas as obras criadas irão resultar em uma exposição interativa e gratuita, no próprio Coaty (de 1º de agosto a 1º de setembro)

Com patrocínio do programa Rumos Itaú Cultural e da Fundação Gregório de Mattos – Prefeitura de Salvador, através do edital Gregórios, o InstruMentes propõe a desconstrução do fazer convencional dos instrumentos, apostando em um novo olhar sobre objetos, sons e espaços, e abrindo caminho para experimentações e fusões entre matérias das mais diversas, unindo as pessoas em torno da chamada arte sonora. “A gente acredita e aposta nesse diálogo e partilha de experiências, na liberdade do experimentalismo e na criação de formas não tradicionais de produção e fruição da música”, completou Alana Silveira.

Serviço:

InstruMentes - Música para (re)invenção

Apresentação aberta ao público com performances artísticas, bate-papo, experimentações sonoras e concerto

Local: Espaço Coaty – Ladeira de Misericórdia, Centro Histórico

Data: Sábado (08)

Horário:

17h - abertura dos portões

17h30 às 20h30 - Apresentação artística com as obras criadas no ateliê coletivo com Fernando Sardo, Bella e Victor Valetim

20h30 às 22h – Concerto com Ken Vandermark (saxofone) e Paal Nilsen Love (bateria)

Entrada gratuita

Mais informações: @instrumentes

Compartilhe:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 06.03.19.048Patuskada para Exu Bouzanfrain. 06 Mar 2019
  • 05.03.19.208Carnaval no Pelô. Alb 2. 05 Mar 2019
  • 05.03.19.019Carnaval no Pelô. Alb 1. 05 Mar 2019
  • 04.03.19.286-1Ilê Aiyê. Campo Grande. Alb 2. 04 Mar 2019
  • 04.03.19.295Ilê Aiyê. Campo Grande. Alb 1. 04 Mar 2019
  • 04.03.19.150Mudança do Garcia. Festa Ednice. 04 Mar 2019

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Lava Jato_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?