Salvador, 22 de October de 2019
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Enecult completa 15 anos com debates sobre a cultura do ódio
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Qua, 31 de Julho de 2019 00:33

Luiz_Eduardo_Soares_Crdito_Artur_Renzo_Divulgao

A 15ª edição do Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (Enecult) começa nesta quarta-feira, 31 de julho, contando com uma programação repleta de debates, apresentações de trabalhos, lançamentos de livros e atividades culturais, até dia 03 de agosto (sábado). Realizado desde 2005 na Universidade Federal da Bahia (UFBA), e reconhecido internacionalmente, o evento segue como espaço para discussão sobre temas da cultura, numa perspectiva transversal e multidisciplinar.

 

A abertura do XV Enecult, no dia 31, será responsabilidade do escritor e antropólogo Luiz Eduardo Soares. Considerado um dos maiores especialistas em segurança pública do Brasil, ele conduzirá uma conferência sob o tema “política como experiência: ódio e as linguagens da intensidade”. No evento, ele lançará seu novo livro: Desmilitarizar; segurança pública e direitos humanos (Boitempo, 2019). O cientista político assinou os volumes 1 e 2 da série “Elite da Tropa”, obra inspiradora dos filmes “Tropa de Elite”. As ações começam às 18h, com uma abertura institucional, no auditório da Faculdade de Arquitetura da UFBA, na Federação. A atividade será transmitida, ao vivo, pelo canal da TV UFBA no Youtube (www.youtube.com/tvufba).

Com coordenação geral dos professores doutores Adriano Sampaio e Lynn Alves, esta edição discute a cultura do ódio e medo no país, resistindo como espaço de produção conjunta. Alves comenta que, num momento onde educação, universidades, pesquisa, cultura e diversidade, em distintos aspectos, são preteridas é preciso criar os espaços para diálogo e debates, e exercitar o olhar crítico. “O diálogo é a essência do Enecult, que reúne pessoas de diferentes estados, países, gêneros, culturas. Esse encontro é fundamental para fomentar discussões e práticas que possam contribuir para reverter o quadro atual e superar as perdas atuais. Precisamos pensar e nos posicionar. Creio que o Enecult abre esse espaço de discussão, critica e luta”, diz.

Mesmo voltada a refletir sobre os desdobramentos do ódio e intolerância no Brasil, a programação do Enecult traz minicursos, simpósios e relatos, atingindo uma variedade de temas relacionados às culturas, indo de games até gestão cultural, passando pela política e diversidades sexuais. Além disso, durante os dias de encontro, 387 artigos serão apresentados em 19 grupos de trabalho, abordando os fenômenos da cultura.

Minicursos, simpósios e relatos: trocas e aprendizados

A partir do dia 1º de agosto, serão muitos momentos para a construção colaborativa de conhecimento nos minicursos, simpósios e relatos de experiências. Eles servem para aprofundar temáticas distintas, com as contribuições de uma série de abordagens profissionais e teóricas. Os inscritos no XV Enecult podem participar de, no máximo, um simpósio, um minicurso e três relatos de experiências.

Neste ano, o campo dos games abre espaço na programação com atividades que vão atrair os já interessados na temática, ou apresentá-la para os que conhecem pouco. Enquanto o simpósio “A indústria de jogos digitais no Brasil: políticas, programas e ações” debate as iniciativas que vinham sendo implementadas pelo governo federal ao longo dos últimos cinco anos, o encontro no relato de experiências “Sou mulher e sou desenvolvedora de games” discute o lugar da mulher num campo, com seus desafios, preconceitos e conquistas. Além disso, o minicurso “Artes, games e cultura” investe em exemplos práticos vivenciados no mercado e na academia.

Já o Núcleo de Cultura e Sexualidade (NUCUS) coordena o minicurso “Cuíerlombismo literário: cultura, literatura e afrodiasporicidade sapatão”, além do simpósio “A arte como potência de si”. Os dois, de algum modo, propõem a discussão do papel da arte na construção de projetos micropolíticos de resistência, reação e subversão, além da disseminação das expressões culturais LGBTQI+ e suas transversalidades.

A política e a cultura são abordadas pelo professor e ex-secretário de cultura da Bahia, Albino Rubim, que trata sobre as complexidades dos temas no minicurso “Desafios e dilemas da gestão cultural” e no simpósio “Cultura e política no velho Brasil atual”, neste último ele estará ao lado de José Sérgio Gabrielli de Azevedo (UFBA) e Renato Ortiz (Unicamp). Outros temas, expressando a multidisciplinaridade, também estarão no evento: o financiamento coletivo, a capoeira, a diversidade cultural, dentre outros. Os detalhes podem ser conferidos no link: www.cult.ufba.br/enecult/programacaoxv

Programação cultural

No primeiro dia de evento, às 18h, a performance “Banho de sangue”, da artista Luzia Marques, abre a grade de atrações culturais, na Faculdade de Arquitetura da UFBA. A apresentação denuncia a violência contra mulher no Brasil, expressa nos altos índices de feminicídio. Já no dia seguinte, 1º de agosto, a arena da nova sede do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos (IHAC) será ocupada, às 18h30, pela obra “Transplante de subjetividade”, do Grupo de Pesquisa Poéticas Tecnológicas: Corpoaudiovisual.

Na sexta-feira, 02 de agosto, também na arena do IHAC, acontecerá uma apresentação de vídeo mapping sob a coordenação de Francisco Barreto, a partir das 17h30. Nessa mesma noite, uma série de novos livros serão lançados no XV Enecult. Na lista de 27 publicações, estão títulos, como: “O universo do luxo”, de Renato Ortiz; “Cultura e Políticas Culturais”, de Albino Rubim; “Marca lugar, comunicação e cultura”, de autoria dos professores Adriano Sampaio, Claudiane Carvalho, Inês Martins e Lidiane Pinheiro; “Artivismo das dissidências sexuais e de gênero”, de Leandro Colling; dentro outros.

No sábado, dia 03, das 14h às 17h, o projeto “Crianças na UFBA” deixa a Praça das Artes, em frente ao PAF III (Campus Ondina), ainda mais animada. A iniciativa valoriza a ocupação do espaço universitário pelas crianças, seja da comunidade acadêmica ou não, promovendo atividades lúdicas e incentivando a liberdade num convívio coletivo. Vale destacar que, entre os dias 1º e 03 de agosto, na mesma praça, o público poderá circular pela Feira da Associação de Artesãos da Bahia (ADABA), com vários trabalhos e produtos à mostra para compra dos visitantes. Nas proximidades da feira, entre 1º e 02 de agosto, às 13h, acontecerão encontros de “Yoga do Riso”, num toldo das práticas integrativas complementares à saúde. Ali mesmo, acontecerá prática de meditação no sábado, dia 02 de agosto, a partir das 8h.

FORCULT

Nesta 15ª edição, o Enecult também receberá o Fórum Nacional de Gestão Cultural das Instituições de Ensino Superior (Forcult). O fórum surgiu no ano de 2017, a partir da iniciativa de diversos agentes responsáveis pela gestão da cultura nas instituições, no intuito de refletir sobre papel das iniciativas e ações culturais nos campi ao redor do país. Os participantes contam com espaço e integração ao XV Enecult para articulação dos seus grupos de trabalho e formulação de propostas.

SOBRE O ENECULT

Ao longo dessa década e meia, mais de oito mil participantes já passaram pelo evento, mais de três mil trabalhos foram apresentados, além da presença de 215 convidados nacionais e 50 nomes internacionais. Importantes políticas públicas para o campo da cultura brasileira, foram implantadas a partir de debates no Enecult, como os Pontos de Cultura, o Sistema Nacional de Cultura e Planos Municipais de Cultura, por exemplo. Iniciativas como essas nasceram do compromisso com a geração de conhecimento, contando com pensadoras e pensadores da cultura no país, a exemplo de Lia Calabre, Isaura Botelho, Albino Rubim, Leandro Colling, Renato Ortiz, Juca Ferreira, Gilberto Gil, Paulo Miguez, entre outros.

SERVIÇO

XV Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (Enecult)

Quando: 31 de julho a 03 de agosto de 2019

Onde: Universidade Federal da Bahia (UFBA)

www.cult.ufba.br/enecult

Compartilhe:

Última atualização em Qua, 31 de Julho de 2019 04:57
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 28.09.19.041Rock Rural Janah e Raul. Casarão. 28 Set 2019
  • 06.03.19.038Patuskada para Exu Bouzanfrain. 06 Mar 2019
  • 05.03.19.135Carnaval no Pelô. Alb 2. 05 Mar 2019
  • 05.03.19.098Carnaval no Pelô. Alb 1. 05 Mar 2019
  • 04.03.19.283-1Ilê Aiyê. Campo Grande. Alb 2. 04 Mar 2019
  • 04.03.19.212Ilê Aiyê. Campo Grande. Alb 1. 04 Mar 2019

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Impeachement_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?