Salvador, 20 de October de 2019
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
João Falcão e Coletivo 4 reestreiam Sonho de uma noite de verão na Bahia com novidades no elenco
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Qua, 09 de Outubro de 2019 15:55

sonho_de_uma_noite_de_verao_na_bahia_direcao_joao_falcao_sora_maia_1Êxito de público e crítica, o musical Sonho de uma Noite de Verão na Bahia, do dramaturgo e diretor João Falcão (Gabriela/Gonzagão – a lenda), reestreia com mudanças no elenco. Evelin Buchegger, Leandro Villa e Mariana Borges se juntam ao Coletivo 4 e demais atores convidados na nova temporada do espetáculo que inicia dia 11 de outubro, às 19 horas e fica em cartaz até dia 03 de novembro, no Teatro Gregório de Mattos. As apresentações acontecem sextas, às 19 horas, sábados e domingos, em sessão dupla, às 16h e 19h. Os ingressos podem ser adquiridos através da plataforma Sympla e na bilheteria duas horas antes da apresentação.

 

O público confere uma versão inédita da centenária comédia de Shakespeare atualizada por Adriana Falcão, no livro Sonho de uma Noite de Verão, e adaptada para os palcos por João Falcão. Embalado por sucessos da axé music, o musical conta a história dos reis Titânia e Oberon (Ana Mametto/Leandro Villa), do debochado duende Puck (Jarbas Oliver) e de quatro fadas (Igor Epifânio, Lara Böker, Rafa Souza e Yanna Vaz) que partem do Olimpo em direção à Terra, para investigar se gente realmente existe, e desembarcam em pleno Carnaval de Salvador, quando conhecem Teseu (Luiz Pepeu), político e empresário do entretenimento, noivo de Hipólita (Evelin Buchegger), uma socialite falida, Hérmia (Viviane Pitaya), cantora de axé, que rejeita as investidas do candidato a deputado Demétrio (Alexandre Moreira), e planeja fugir com Lisandro (Ana Barroso), jovem herdeiro de uma fortuna, por quem Helena (Mariana Borges) está enamorada.

 

Na tentativa de compreender o comportamento caótico dos mortais, os seres mágicos acabam se contagiando com a folia e dão início a uma série de confusões de encontros amorosos e paixões desencontradas. Completam a aventura: Bobina, o artista sonhador (Genário Neto), Dona Biu (Evelin Buchegger), uma foliã sensitiva que no carnaval incorpora William Shakespeare (Daniel Farias). “A peça inteira é permeada por diversos tipos de amor, tem muita magia e brincadeira com os conceitos de sonho, imaginação e realidade”, explica Falcão. Assim como na maioria de suas obras, em seu quadragésimo quinto espetáculo, em quase 40 anos de profícua carreira artística, ele traz elementos da cultura nordestina sem caricatura.  “Na montagem, a Bahia está absolutamente presente nos personagens, no ritmo e na trama”, conta o diretor.

 

A baianidade marca presença no Sonho de uma Noite de Verão na Bahia principalmente através da trilha sonora composta por mais de 20 clássicos da axé music, samba reggae, ijexá, pagode e outros gêneros. “As canções foram escolhidas de forma que parecessem ter sido escritas para as cenas”, diz o encenador.  No repertório figuram também canções imortalizadas nas vozes de Caetano Veloso, Carlinhos Brown, Daniela Mercury, Gilberto Gil, Ivete Sangalo, Margareth Menezes, Ricardo Chaves dentre outros artistas. O elenco é acompanhado pelos multi-instrumentistas Carlos Boca, Citnes Dias, Eduardo Di Dalva, Felipe Guedes, Marcus Sampaio. A direção musical é assinada por Yacoce Simões, arranjador e maestro com trinta anos de experiência.

O encenador e a Bahia

Atualmente morando em Salvador, a relação de Falcão com a cidade vem de longa data, no final da década de 1990, dirigiu a peça  infanto-juvenil A Ver Estrelas com elenco local na reinauguração do Espaço X (atual Xisto), e sempre fez questão de inserir a capital baiana nas turnês de seus espetáculos. É também dele a encenação da peça A Máquina, que projetou nacionalmente Wagner Moura, Vladimir Brichta e Lázaro Ramos. Conhecido do grande público pelos trabalhos dirigidos na Rede Globo (A Comédia da Vida Privada/ Sexo Frágil/ Clandestinos), no cinema pela corroteirização dos filmes O Auto da Compadecida, O Coronel e o Lobisomem e A Dona da História, e no teatro pelo sucessos Ensina-me a Viver, Gonzagão – a Lenda e Gabriela – Um Musical, João Falcão iniciou a carreira artística nos palcos como ator e músico, em Recife, sua cidade natal, com Morte e Vida Severina, em 1980. Aos 21 anos, fez um rebuliço na capital pernambucana com o musical Muito Pelo Contrário – sua estreia como diretor, escritor e compositor de uma mesma montagem. Seus principais trabalhos no teatro são: A Ver Estrelas, Mamãe Não Pode Saber, O Burguês Ridículo (Prêmio Sharp de Melhor Espetáculo), A Dona da História com Marieta Severo e Andréa Beltrão, Uma Noite na Lua com Marco Nanini (prêmios Shell e Sharp por texto e direção), Quem Tem Medo de Virgínia Woolf, Dhrama, Clandestinos (prêmio APTR de melhor texto e o Qualidade Brasil de melhor direção teatral de comédia), Gonzagão – A Lenda (Prêmio Shell de Música; Prêmio Qualidade Brasil de Melhor Espetáculo; e Prêmio Bibi Ferreira de  Melhor Musical Brasileiro, direção, figurino e direção musical, dentre outros), Ópera do Malandro, Gabriela – Um Musical (diversos prêmios, dentre eles: APCA de Diretor e Bibi Ferreira de Melhor Musical Brasileiro). Na publicidade, dirigiu mais de mil filmes. Ele já teve peças traduzidas para o inglês, francês, espanhol, alemão e hebraico.

A equipe artística do Sonho de uma Noite de Verão na Bahia conta também com o coreógrafo Roberto Montenegro (Rei Leão, da Walt Disney Theatrical), o iluminador Cesar de Ramires (vencedor dos prêmios Bibi Ferreira e Musical Cast pelo desenho de luz do espetáculo  Gabriela – um musical), os figurinos de Falcão assinados em parceria de Karina Sato (no currículo trabalhos no Brasil e Japão). E ainda o aderecista Dominique Faislon (Traga-me a cabeça de Lima Barreto), a designer de som Andrea Zeni (mais de 400 espetáculos teatrais e shows em 37 anos de carreira), o visagista  Thiago Romero (artista premiado que transita por diferentes funções do ofício teatral) e a dupla de preparadores vocais Angelo Rafael e Carlos Eduardo Royal (maestro titular da Orquestra de Câmara de Salvador, doutor em Regência Orquestral pela UFBA, e preparador vocal do Coral Ecumênico da Bahia respectivamente).


Serviço:

Sonho de uma noite de verão na Bahia, musical de João Falcão.

Local: Teatro Gregório de Mattos (Praça Castro Alves s/n – Centro, Salvador/Ba)

Quando: 11/10 a 03/11/19 - sextas às 19h, sábados e domingos às 16h e 19h.

Atenção: Dia 20/10 (domingo) não há sessões.

Ingressos: R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia-entrada) mediante apresentação de documento oficial com foto.

Vendas: www.sympla.com.br/sonhonabahia

A bilheteria funciona nos dias de espetáculo duas horas antes da apresentação e o pagamento de ingresso é apenas em espécie.

Telefone: (71) 3202-7888

Classificação indicativa: livre

Capacidade: 160 lugares (Dois lugares para cadeirantes – acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais)

Redes sociais: @sonhonabahia

Realização: MaquinaMaquina Produções Artísticas e Coletivo 4

 

Créditos das fotos: Sora Maia

Compartilhe:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 28.09.19.027Rock Rural Janah e Raul. Casarão. 28 Set 2019
  • 06.03.19.092Patuskada para Exu Bouzanfrain. 06 Mar 2019
  • 05.03.19.223Carnaval no Pelô. Alb 2. 05 Mar 2019
  • 05.03.19.056Carnaval no Pelô. Alb 1. 05 Mar 2019
  • 04.03.19.217-1Ilê Aiyê. Campo Grande. Alb 2. 04 Mar 2019
  • 04.03.19.258Ilê Aiyê. Campo Grande. Alb 1. 04 Mar 2019

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

HUMOR

  • Sumário_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?