Salvador, 27 de September de 2021
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Neste domingo (1º) Luiz Caldas lança álbum de música country
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Sex, 30 de Julho de 2021 13:19

Luiz_Caldas_NascenteAzulQuem acompanha a carreira do artista Luiz Caldas sabe que uma das primeiras canções gravadas por ele, sucesso nas rádios na década de 80, é um country. A música em questão é a versão em português para o clássico “Mrs. Robinson”, de Simon & Garfunkel. Algum tempo depois, veio “Magia”, outro country, embora com elementos da música baiana. A simpatia pelo gênero musical se

confirma no próximo dia 1º de agosto, quando ele lança "Nascente Azul", álbum todo dedicado àquela que é reconhecida como a música caipira norte-americana.

 

O disco será o segundo em que Luiz Caldas se inspira nas trilhas sonoras dos cavaleiros solitários do velho oeste americano, tendo sido a estreia com o álbum “Procurado” (Out/2014). “A sonoridade do universo country é muito prazerosa pra mim porque me remete à infância que eu tive, assistindo a alguns filmes de faroeste, e era muito, muito divertido. Então essa sonoridade me acompanhou até a época em que gravei o meu primeiro disco”

Ele explica que “Magia” é um country, porém misturado com percussão, já que é uma composição nascida para homenagear a música da Bahia e para colocar as pessoas para dançar. “Em “Nascente Azul” eu exploro mais detalhes da música country e trago diferentes elementos desse universo que tanto me encanta, como o banjo, o violão de corda de aço e a gaita. É um gênero musical que tem uma identidade sonora muito forte, e eu gostei muito do resultado do álbum”.

Assim como todos os discos do seu projeto de lançamentos mensais, "Nascente Azul" - 114º - traz todas as canções compostas por Luiz, sendo três delas com parceiros, alguns de longas datas, como é o caso de Eduardo Gil, que assina com o anfitrião a música de abertura, “Luz do Céu”. Paulinho Caldas está ao lado dele na canção “As Sete Chaves”. Já a faixa que dá nome ao álbum é uma criação dele com o também parceiro das antigas, Cesar Rasec.

Ficha Técnica  

Direção, Produção, Gravação, Arranjos, Bateria, Baixo, guitarra, Violões, Guitarra Havaiana, Teclados e Voz - Luiz Caldas

Produção Executiva - Alan Barboza

Mixagem e Masterização - Marcelo Machado

Capa - Akauan Caldas

Foto - Regis Moino

Assessoria de Imprensa - Tatiane Freitas / Viva Comunicação Interativa

Gravado no estúdio M. A. Artes para o mês de agosto de 2021

Compartilhe:

Última atualização em Sáb, 31 de Julho de 2021 01:54
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.431Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.276Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.229Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.091Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.216Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.056Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

Mais galerias de arte...

HUMOR

  • Ano sagrado de Dois Mil e Netflix_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?