Salvador, 24 de setembro de 2017
Acesse aqui:                
Banner
facebookorkuttwitteremail
Domingueiras (extra). por Sérgio Guerra
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Sex, 19 de Maio de 2017 02:13

Sergio_Guerra2Tenho mantido como norma desta mini-coluna um certo distanciamento do cotidiano das notícias, principalmente, as políticas deste país tropical, posto que a sua velocidade torna difícil uma análise mais fundamentada e profunda, mesmo para mim que desde o principio tenho colocado meu posicionamento filosófico, ideológico e político, inclusive partidário, para que meus parcos e raros leitores, saibam, de antemão, de onde e para quem estou falando, pois sou um homem de compromissos democráticos, de esquerda e socialista, quase sempre, sem sectarismos pois me dediquei a construir uma análise do mundo franca, honesta e livre.

Entretanto, estes últimos dias, escrevo emergencialmente nesta quinta-feira, dia 18, não me permitiram ficar calado, visto que o Brasil, literalmente, pega fogo e revira suas vísceras com novas “delações premiadas” e, desta vez, de novo biliardário que se presta a gravar conversa até com o golpista e interino presidente “Fora Temer”, com um aparelho de bolso e monitorado pela Polícia Federal que rastreou até as malas de dinheiro, passado pelos “mulas” familiares de Aécio. Isto ainda agora no mês de abril e maio. É muita cara-de-pau!

Assim, passo a colocar meu assombro com a “facilidade” com o que estes novos personagens da história brasileira, saem das sombras de velhos Judas e ganham foro de “heróis midiáticos” com inúmeros “privilégios”, haja à vista o “patriarca da corrupção”, Emilio Odebrecht, que tranquilamente denunciou suas participações tão cinicamente, que chegou a irritar o seu inquisidor, que o repreendeu publicamente e, mesmo assim, continua livre, leve e solto, enquanto o filho/presidente e executivo-mor das empresas amarga quase 2 anos de cadeia, a ser completado no dia 19 de junho.

Em segundo lugar, tem me assombrado a facilidade com que os presidentes, ex inclusive, se tornam “amigos de infância”, provavelmente, ou mesmo de “longas datas”, pelo menos, de grandes banqueiros, empreiteiros e empresários, que passam a freqüentar as residências oficiais e a trocar idéias corriqueiras e triviais sobre temas “amenos, risonhos e francos”, como “corrupção”, “mesadas” e “propinas”, quase todos eles gravados com monitoramento e por orientação da Polícia Federal/Ministério Público. “Muy amigos!”, como diria aquele humorista.

Ironicamente, é interessante lembrar que enquanto a “República de Curitiba” continua insistindo em tentar condenar o presidente Lula por ter pretendido, ou pensado, comprar, ou mesmo sua falecida esposa, um apartamento de uma “cooperativa de bancários”, cujo valor inicial (ou atual) era de cerca de R$ 600.000,00, e que com as reformas imaginadas “triplexaria” o valor que chegaria, supostamente a 2 milhões de reais, ou mesmo o pretenso “sítio de Atibaia”, o “queridinho da mídia”, Aécio, recebe e circula, este dinheiro em “suaves pretensões mensais de 500 mil reais”, para “pagar seus advogados”, em pleno desenvolvimento, neste mês de abril, da “Operação Lava Jato”. Curioso, né?

E, finalmente, lembrando um velho ditado colonial que dizia: “Pais coronéis, filhos bacharéis e netos falidos!”, temos uma nova dimensão que podemos, dizer, em falta de uma melhor expressão: “Pais políticos, filhos executivos e netos bandidos”, a se tomar como exemplo as “quadrilhas familiares”, que a exemplo dos “delatores premiados”, passaram a enriquecer os nossos dicionários políticos. Assim, depois do verbo “malufar”, espera-se que novas famílias, como “Cabral” e, agora, “Neves” apareçam nesta, cada vez mais, “ampla, geral e irrestrita”, “Operação Lava Jato” que parece não pretender deixar “pedra sobre pedra”. Quem viver. Verá!

OBS: Um velho amigo, sempre gozador, inteligente e irônico, não perdeu a oportunidade e me saiu com esta: “Depois do sonho de que “a classe operária vai ao paraíso”, finalmente, agora, a “classe alta vai ao presídio!”.

Sérgio Guerra
Licenciado, Mestre e Doutor em História
Professor Adjunto da UNEB,.DCH1 Salvador.
Conselheiro Estadual de Educação - BA.
Colunista Político Semanal do Portal Mais Bahia.
Presidente do Instituto Ze Olivio  IZO
Cronista do site "Memorias do Bar Quintal do Raso da Catarina".

Compartilhe:

 

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 17.09.17.038Lançamento do I Festival de Itaparica. 19 Set 2017
  • 19.9.17.060Sarau da Casa da Mãe. 19 Set 2017
  • 16.9.17.001Lebowski Pub e Borracharia. 16 Set 2017
  • 16.09.17.089Aniversário Keko Pires. Qattro. 16 Set 2017
  • 13.09.17.001Coleção Kalunga de Monica Anjos. 13 Set 2017
  • 09.09.17.040Festa Africana. Casarão do Lord. 09 Set 2017

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

Mais galerias de arte...

HUMOR

  • Vai prá Cuba_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?