Salvador, 15 de August de 2018
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Com ou sem pimenta ? Por Zuggi Almeida
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Sex, 08 de Junho de 2018 04:29

Zuggi_AlmeidaCentro de Salvador, década de 80. Solange era uma simpática baiana de acarajé que mantinha um tabuleiro numa esquina da rua Araújo Pinho, no bairro do Canela, em Salvador. A moça tinha uma clientela eclética formada por profissionais liberais,estudantes universitários, vendedores ambulantes e funcionários públicos. Porém, um detalhe chamava a atenção : a maioria dos clientes era do sexo feminino.

Solange tinha um banquinho que ficava ao lado do seu tabuleiro onde convidava as clientes, ( muitas delas já consideradas amigas ), para conversas enquanto batia a massa para não "desandar" o acarajé . Alí, aconselhava, orientava, dava reprimendas fazendo a graça e a sorte daquelas senhoras.

Na Bahia existem duas atividades com reais especialistas em aconselhamento: a baiana de acarajé e a manicure do salão de beleza.

Uma madame que frequentava um centro de beleza próximo conversando com a amiga disse:
- Menina você precisa ir comer um acarajé em Solange, alí da esquina!
A outra quis saber o motivo.
A primeira acrescentou:
- Ela faz uma massa leve, o acarajé é crocante, mas os conselhos que ela dá... esses .não tem preço!

E assim, seguia Solange entre frituras, temperos, dendê e pitacos nas vidas alheias.

Um certo dia parou em frente ao tabuleiro, um carro de luxo, dele desceu uma senhora de meia idade vestida elegantemente, que de imediato entrou na fila de espera . Eram cerca das três horas de uma tarde quente do verão e a fila tinha mais de uma dezena de clientes à frente da madame que seguia pacientemente.

Quando chegou a vez da senhora ser atendida, Solange perguntou:

- Acarajé ou abará ? Com ou sem pimenta ?

A senhora respondeu e perguntou:

- Nem um, nem outro. Quero saber quanto a senhora cobra pela sua consulta ?

Solange não entendeu nada, mas, ofereceu uma cocada preta de presente pra mulher. Essa demonstrando satisfação com o mimo, enrolou a cocada num lenço branco, guardou na bolsa e foi em direção ao carro que lhe aguardava toda feliz e radiante.

A baiana tinha um cliente que regularmente às terças e quintas no final da tarde aparecia e pedia um acarajé sem pimenta e uma coca. Sentava no banquinho ao lado de Solange e ficava conversando por um bom tempo até a hora do marido da moça chegar dirigindo uma velha Brasília, recolher o tabuleiro com as panelas e o fogareiro.

Nessa hora, o cliente assíduo pagava a conta e seguia ao longo da Araújo Pinho até dobrar na esquina da Marechal Floriano desaparecendo.

Numa dessas quintas-feiras, o mesmo senhor inquiriu Solange :

- Como foi feita sua formação?

Solange respondeu sorrindo:

- Moço quem começou com esse tabuleiro aqui foi minha vó Eduvirges feita de Iansã que depois passou a dividir com mainha. Naquele tempo eu e minha irmã Dalva ajudava lavando o feijão fradinho e ralando depois na pedra até que minha mãe comprou um moinho de segunda mão.

E prosseguindo Solange:

- Quando voinha morreu minha mãe assumiu o tabuleiro de vez e passei a vir ajudar ela. Aí, eu já batia a massa, sabia fritar, servir os clientes. Mas, também aprendi a fazer cocaca - puxa, doce de leite, apanã, amoda, atum e quebra-queixo.

O senhor sorriu, pagou mais uma conta e depois seguiu pela rua Araújo Pinho.

No final de um ano, um rapaz parou em frente ao tabuleiro e entregou a Solange um envelope grande. A correspondência estava destinada a ela, que abriu logo, curiosa.

Dentro estava um convite de formatura da turma de psicologia da UFBA, no ano de 82. O nome de Solange aparecia como a madrinha daquele grupo.

Assinava como paraninfo dos formandos , um certo doutor Osvaldo Sousa da Rocha, o cliente assíduo do tabuleiro de Solange das terças e quintas-feiras.

* zuggi almeida é escritor e roteirista.

Compartilhe:

 

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 10.08.2018.097Grupo Botequim. Patio Igreja. 10 Ago 2018
  • 10.08.18.028Maracatu Ventos de Ouro. Casa Preta. 10 Ago 2018
  • 10.8.18.029Bruna Barreto e Conv.. Lebowsky. 10 Ago 2018
  • 10.06.18.003Ooni de Ifé no Ilê Aiyê. Por Edgar Souza. 10 Jun 2018
  • 19.05.18.033Elas Cantam Bob. Pedro Arcanjo. 19 Maio 2018
  • 19.5.18.027Serafim e Filhos de Zé. Lebowisky. 19 Maio 2018

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

Mais galerias de arte...

HUMOR

  • Ano sagrado de Dois Mil e Netflix_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?