Salvador, 20 de August de 2018
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Domingueiras LXXXIX. Por Sergio Guerra
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Seg, 30 de Julho de 2018 05:06

Sergio_Guerra2A um observador menos atento, ou estrangeiro, do noticiário da nossa imprensa parece que o Brasil político não tem partidos de “direita”, pois as recentes convenções eleitorais têm sido apontadas como de “esquerda” ou como de “centro”.

Da mesma forma, diz que a Coréia do Norte é “comunista” e a do Coréia do Sul “democrática”. Como professor, tenho observado que uma das maiores “vitórias” da “ditadura de 1964”, talvez só agora estamos identificando mais claramente, foi a retirada dos currículos escolares das disciplinas de “Filosofia” e “Sociologia”, ou “Ciências Sociais”, pois se a primeira nos ajuda a definir melhor os conceitos, a segunda os ajuda a aplicá-los melhor.

Assim, resumidamente, ao conceito de “esquerda”, denominação dos agrupamentos que defendem o primado da propriedade “coletiva” ou “social”, (sejam eles autodenominados de “anarquistas”, comunistas" ou “socialistas”), sobre a propriedade “individual” ou “privada”, que identificam aqueles que se apresentam, ou pelo menos deveriam se reconhecer, como de “direita” ou “capitalistas”, (sejam eles autodenominados de “democratas”, “liberais” ou “republicanos”).
Repetimos que estes conceitos são resumidos e servem apenas como exemplos ilustrativos, pois outras denominações são usadas até pelas duas correntes indistintamente, como “trabalhadores”, “trabalhistas”, etc.

Entretanto no Brasil, com a derrota e desmoralização dos ideais da “direita, portanto capitalista e autoritária”, ou mesmo dependente e defensora dos interesses do capital internacional, representado basicamente pelos EUA, que se apossara do poder pelo
golpe de 1964, as agremiações continuadoras e herdeiras deste regime espúrio, estão envergonhadas e daí adotam esta identificação de centro” ou de “centrão”, para esconder suas origens e projetos políticos. Enquanto isto, os segmentos perseguidos pela ditadura e
xingados de “esquerda”, ou mesmo de “comunistas”, mesmo quando eram não somente “democratas” ou “liberais”, passaram a se identificar orgulhosamente, como tal.

Assim, como admitir a existência de um “centro” entre o “capitalismo” e o “socialismo”? Ou se admite a existência de uma “propriedade coletiva e/ou pública” ou de uma “propriedade individual e/ou privada”. Mesmo que politicamente, na complexidade da vida social, fruto de nossa cultura e história, encontramos formas tradicionais de propriedade coletiva, como é o caso das comunidades indígenas e quilombolas, além dos “fundos e restos de pasto”, que o
estado brasileiro, apesar de capitalista reconhece como direito do cidadão. Entretanto, temos de vê-las como formas “residuais” da propriedade que tendem a desaparecer.

Deste modo, ao contrário do “jabuti” e da “jabuticaba”, originais produtos naturais da nossa fauna e flora, honestos e autênticos deste país tropical, os “partidos do centro” ou mesmo o
“Centrão”, tratam-se de formas ilusórias e mentirosas de agrupamentos espúrios originários da “ditadura militar de 1964”, diretamente como o caso do “Democratas”, como se uma ditadura pudesse gerar uma organização com tal feição, ou de outras organizações capitalistas que tem vergonha de se assumir como de “direita” e usam o subterfúgio desonesto de “centro”, da mesma forma que tentam enganar o eleitorado mudando de nome a cada década ou mesmo eleição.

Sérgio Guerra.

29072018.
Licenciado, Mestre e Doutor em História
Professor Adjunto da UNEB,.DCH1 Salvador.
Conselheiro Estadual de Educação - BA.
Colunista Político Semanal do Portal Mais Bahia.
Presidente do Instituto Ze Olivio IZO
Cronista do site "Memorias do Bar Quintal do Raso da Catarina".

Compartilhe:

 

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 18.0.2018.013Discotecagem Dj Gug. Lebowski. 18 Ago 2018
  • 18.8.18.006Despedida de Zimba Selector. Red. 18 Ago 2018
  • 18.08.18.035Salsa Bahia. Boteco 68. 18 Agosto 2018
  • 10.08.2018.036Grupo Botequim. Patio Igreja. 10 Ago 2018
  • 10.08.18.009Maracatu Ventos de Ouro. Casa Preta. 10 Ago 2018
  • 10.8.18.001Bruna Barreto e Conv.. Lebowsky. 10 Ago 2018

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

GALERIAS DE ARTE

Mais galerias de arte...

HUMOR

  • Sumário_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?