Salvador, 26 de May de 2022
Acesse aqui:                
Banner
facebookorkuttwitteremail
VIVADANÇA promove sessões de documentários africanos na Casa do Benin
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Seg, 02 de Maio de 2022 12:20

Viva_Danca_Documentario_Nora_Conexo_fricaO espaço cultural da Fundação Gregório de Mattos recebe obras audiovisuais de Zimbábue e de Burquina Fasso, de 03 a 05/05, das 11h às 15h. A programação completa do VIVADANÇA está disponível no site www.festivalvivadanca.com.br

 VIVADANÇA Festival Internacional reforça em sua edição comemorativa de 15 anos a ação “Conexão África”, para visibilizar e fomentar ainda mais o diálogo e o intercâmbio com os artistas africanos e o público baiano e brasileiro. As sessões de documentários têm o apoio da Cinemateca da Embaixada da França no Brasil.

CONEXÃO ÁFRICA/ZIMBÁBUE - Do Zimbábue, o Vivadança exibe presencialmente o filme dança documentário “Nora”, “baseado nas memórias de infância da dançarina auto-exilada Nora Chipaumire, que nasceu no Zimbábue em 1965. Usando performance e dança, ela dá vida à sua história em um poema de som e imagem em movimento rápido. Com direção de Alla Kovgan and David Hinton. A partitura original foi composta por uma lenda do Zimbábue - Thomas Mapfumo”. Sessões presenciais, de 03 a 05/05, das 11h às 15h, na Casa do Benin - Pelourinho.

CONEXÃO ÁFRICA/BURQUINA FASSO – De Burquina Fasso, o Vivadança exibe presencialmente o documentário “A Dançarina do Ébano” (La Danseuse d'ébène), de Seydou Boro, “que durante um tempo trabalhou como intérprete com Mathilde Monnier, que é também coreógrafa e produtora. Este seu documentário é dedicado a uma das maiores personalidades da dança de origem africana, Irène Tassembédo – nativa, como ele, de Burkina Fasso, onde o filme foi inteiramente rodado. Este “retrato filmado”, que apresenta também Germaine Acogny, contribui para a restauração de todo um segmento da história da dança, investigando os laços. Sessões presenciais, de 03 a 05/05, das 11h às 15h, na Casa do Benin - Pelourinho.

O VIVADANÇA Festival Internacional é uma realização da Baobá Produções Artísticas. O projeto foi selecionado pelo Edital Eventos Calendarizados com apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. Em 2022 o Festival conta com a parceria institucional da Embaixada França, Consulado da França, Instituto Francês, Cine France, Embaixada da Espanha, Instituto Cervantes, Solo Tanz Theater Festival, Instituto Cultural Peruano Norteamericano (ICPNA), Cia Mangrove, MID (Movimento Internacional da Dança), Solos na Rede, Teatro Vila Velha, SESC, Casa do Benin (Fundação Gregório de Matos), Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) e Shopping da Bahia

Compartilhe:

 

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.393Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.310Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.169Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.049Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.195Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.132Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?