Salvador, 11 de August de 2022
Acesse aqui:                
Banner
facebookorkuttwitteremail
Cinema & Video
‘Pacarrete’, de Allan Deberde, é o filme de encerramento do 29º Cine Ceará
Qua, 31 de Julho de 2019 06:27

pacarreteFilmado na cidade de Russas (CE), PACARRETE, de Allan Deberton, foi o longa escolhido para encerrar o 29º Cine Ceara – Festival Ibero-americano de Cinema, que acontece de 30 de agosto a 6 de setembro, em Fortaleza. O filme, inspirado numa história real, teve sua estreia internacional no 22th Shanghai International Film Festival (SIFF), Golden Goblet Awards.   

 
‘Jornada Da Vida’ estrelado por Omar Sy e Lionel Basse, estreia em novas cidades (01/08)
Qua, 31 de Julho de 2019 00:19

JORNADA_DA_VIDA.jpegJORNADA DA VIDA, estreia nesta quinta-feira, dia 01 de agosto, em Salvador, Natal, Fortaleza, Vitória, Teresina, Curitiba, Porto Alegre, Florianópolis e Jundiaí, distribuído pela Califórnia Filmes.

Dirigido e escrito por Philippe Godeau, em parceria com Agnès de Sacy, e estrelado por Omar Sy, JORNADA DA VIDA é uma história do encontro e do reencontro de um homem com suas raízes e reconhecimento de seu lugar no mundo, por meio de uma amizade inusitada entre um garoto de 13 anos e seu ídolo.

 
“CineAlemanha” exibe o premiado documentário “The Cleaners”
Ter, 30 de Julho de 2019 07:17

The_CleanersO premiado documentário investigativo “The Cleaners” (2019) será o filme exibido no mês de agosto no ciclo “CineAlemanha”, realizado pelo Goethe-Institut Salvador-Bahia para difundir a produção cinematográfica contemporânea da Alemanha. Coprodução germano-brasileira, o longa-metragem é dirigido pela dupla de alemães Moritz Riesewieck e Hans Block, e revela o sigiloso trabalho dos “limpadores” das redes sociais – pessoas que excluem os “conteúdos inapropriados” das postagens públicas nestas plataformas. Filmado na Alemanha, Brasil, Estados Unidos, Inglaterra, Filipinas, Indonésia e Turquia, traz depoimentos de ex-executivos de empresas como Facebook, Twitter, YouTube e Google, de defensores da liberdade de expressão e de pesquisadores, que comprovam como os conteúdos das redes sociais afetam todo o mundo.

 
Documentário “Balizando 2 de Julho” homenageia a comunidade LGBTQI+ na data mais importante do calendário cívico da Bahia
Ter, 30 de Julho de 2019 04:29

Balizando_2_de_JulhoElegância, beleza e coreografias em harmonia com bastões que voam em sincronia com cada passo. Uma celebração pela diversidade! O desfile em comemoração ao 2 de Julho – mais que uma data no calendário cívico pela celebração da Independência da Bahia – é um espaço de resistência. E é neste cenário, na busca por aceitação, reconhecimento e luta por liberdade e respeito, que nasce o documentário “Balizando 2 de Julho”. Com roteiro e direção de Fabíola Aquino e Marcio Lima, o doc homenageia a comunidade LGBTQI+, representada no filme por balizas e balizadores gays e transexuais. O lançamento será em 31 de julho, às 19 horas, no Espaço Cultural da Barroquinha, com entrada gratuita.  

Historicamente, as comemorações pelo 2 de Julho funcionam como um grande palco para denunciar e protestar contra dilemas sociais e políticos contemporâneos. Ao abordar a temática LGBTQI+, o documentário revela toda a diversidade que envolve a preparação para o evento. Sendo assim, a narrativa aborda as bandas de fanfarra, que trazem a figura da “baliza” à frente, a escolha do figurino, montagem da coreografia e a relação com o público. “É um momento marcante para mostrar a todos, com orgulho e simpatia, o trabalho realizado durante todo o ano. É um momento em que cada banda chega para brilhar”, avalia a cineasta Fabíola Aquino.

Diversidade – Balizando 2 de Julho acompanha a trajetória de duas personagens centrais: Diana Souza, uma baliza trans, e Gabriel Vilasboas, um balizador gay. Em meio aos ensaios, escolha de figurino e criação de coreografia, eles revelam uma realidade ainda permeada por preconceito e obstáculos como a difícil relação com o mercado de trabalho, a aceitação da orientação sexual e identidade de gênero e a relação com familiares e comunidade.

Beco do Rosário – Para dar voz aos LGBTQI+, o doc destaca o momento de maior importância para a comunidade. O ápice é a passagem do desfile pela região do “Beco do Rosário”, na Avenida 7 de Setembro, em Salvador. É lá que todos ficam concentrados para assistir ao “show” das balizas e balizadores. Neste momento também ocorre uma avaliação popular e espontânea das performances, a famosa “churria” (termo popular entre a comunidade LGBTQI+ que se assemelha a “zombar”, “gongar”). “O mais importante é que, num espaço hetoronormativo por natureza, tem se revelado também um lugar de mudanças”, avalia a cineasta Fabíola Aquino.         

O local de concentração virou point da comunidade LGBTQI+ nos festejos cívicos. “Quando, há 16 anos, eu, meu companheiro e um amigo sentamos ali para tomar uma cerveja e aguardar o desfile, não imaginávamos que estávamos dando início à um movimento de tamanha expressão no desfile do 2 de Julho e de tamanha importância para a nossa comunidade”, conta, surpreso, Marcio Lima, idealizador do doc e um dos fundadores da concentração no “Beco do Rosário”.       

Respeito, igualdade e diversidade – Além das meninas, na função de baliza, desfilam transexuais, travestis e gays, transformando as comemorações ao 2 de Julho numa grande festa cívica pela diversidade. A cineasta Fabíola Aquino conta que o documentário surgiu pela necessidade de abordar um tema delicado, porém, necessário para a construção da identidade de um segmento social carente de visibilidade e que merece respeito.            

“Precisamos garantir direitos igualitários a todos. O “Balizando 2 de Julho” é uma oportunidade impar para poder trazer à tona histórias poéticas, de beleza e artes das balizas e balizadores. É um momento muito rico e imagético, ao lado de um panorama importante de luta, afirmação e ativismo da comunidade LGBTQI+. Foi justamente este contexto que nos motivou a retratar estas histórias em um documentário”, finaliza a cineasta, que defende a visibilidade como um meio para evitar retrocessos.

“É muito mais que um simples documentário. É um ato de resistência, sobretudo quando nossos direitos e até nossas vidas estão ameaçadas sob um panorama político excludente e com ideais fascistas. Não percamos de vista que um LGBTQI+ é morto a cada 16 horas no Brasil. Somos o país que mais mata LGBTs no mundo. Por essa razão, reivindicamos respeito e reafirmação da cultura LGBTQI+ em um contexto histórico e cívico como o desfile do 2 de Julho”, conclui Lima.        

Sobre o filme – Balizando 2 de Julho acompanha a participação de membros da comunidade LGBTQI+ no Desfile do 2 de Julho de 2019, ora concentrando suas lentes na atuação das balizas e balizadores, ora com o público que prestigia o momento. Há mais de 16 anos eles se reúne na região da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, na Avenida 7 de Setembro, em Salvador,  e vibram com as performances das balizas. O documentário, contemplado com o edital Arte Todo Dia – Ano IV, da Fundação Gregório de Mattos (FGM), é um projeto da Obá Cacauê Produções e conta com apoio do Grupo Gay da Bahia (GGB).       

Ficha técnica

Direção, Coroteiro e Produção Executiva: Fabíola Aquino,  
Roteiro, Codireção e Direção de Produção: Marcio Lima 
Direção de Fotografia e Cinegrafista: Rick Caldas
Cinegrafista: Leonardo Martins
Som direto: Pedro Garcia e Victor Brasileiro

Assistente de som: Laísa Eça

Produção: Renata Almeida

Assistente de produção: Felipe Martins  
Operador de drone: Gustavo Costa Pinto
Edição: Rick Caldas

Composição original: Chico Gomes

 

Serviço

O que: Lançamento do documentário Balizando 2 de Julho

Quando: 31 de julho de 2019          
Horário:
19 horas

Onde: Espaço Cultural da Barroquinha (Rua do Couro, s/ n – Barroquinha).

 
RT Features tem duas produções selecionadas para o Festival de Veneza
Sex, 26 de Julho de 2019 05:48

waspnetWASP NETWORK” e “AD ASTRA”, duas produções que nasceram no escritório da RT Features, em São Paulo, começam a trilhar seu caminho pelo mundo, com a estreia mundial na mostra competitiva do Festival de Cinema de Veneza, que acontece de 28 de agosto a 7 de setembro na cidade italiana.·

Para o produtor Rodrigo Teixeira, é uma honra ter essas duas produções com DNA brasileiro selecionadas para um dos mais importantes festivais de cinema do mundo. “Trabalhar com James Gray e Olivier Assayas, diretores reconhecidos e já premiados em Veneza, é um sonho realizado, além do elenco estelar que compõe ambos os filmes. Posso, sem dúvida, afirmar que essas produções foram das mais desafiadoras da história da RT”, comenta.

 
“Babenco – Alguém tem que ouvir o coração e dizer: parou”
Sex, 26 de Julho de 2019 00:33

Babenco“BABENCO – Alguém tem que ouvir o coração e dizer: Parou”, de Bárbara Paz, também produzido por Bárbara Paz, Myra Babenco e os irmãos Caio Gullane e Fabiano Gullane é selecionado para o 76º Festival Internacional de Cinema de Veneza. O longa participará da Mostra Competitiva Venice Classics (agrega documentários sobre cinema ou sobre autores de hoje ou do passado).

O documentário traça um paralelo entre a arte e a doença de Babenco. O filme revela medos e ansiedades, mas tambe?m memo?rias, reflexo?es e fabulac?o?es, num confronto entre vigor intelectual e a fragilidade fi?sica que marcou sua vida.

 
Longa com Marco Nanini é selecionado para a Mostra Competitiva do 29° Cine Ceará.
Qui, 25 de Julho de 2019 00:50

Fesstival_Cinema_do_CearaSete filmes inéditos no Brasil, entre os quais dois brasileiros em première mundial, vão compor a Mostra Competitiva Ibero-americana de Longa-metragem do 29º Cine Ceará, que acontece de 30 de agosto a 6 de setembro em Fortaleza. Cinco dos filmes chegam com passagens bem-sucedidos por alguns dos mais importantes festivais do mundo, como Cannes, Berlim, Toronto e Roterdã.

O documentário “Vozes da Floresta”, da carioca Betse de Paula, e “Notícias do fim do mundo”, do cearense Rosemberg Cariry, são os dois longas que terão estreia mundial no Cine Ceará.

 
Grande Prêmio do Cinema Brasileiro traz mostra de filmes finalistas a Salvador de 25 a 31 de julho
Qua, 24 de Julho de 2019 14:15

A_Forma_da_aguaGrande Prêmio do Cinema Brasileiro dá a largada para a 6ª  Mostra de Filmes Finalistas, que percorrerá 14 cidades brasileiras. Com intuito de incentivar a participação do público, através do voto popular, o evento exibe os filmes finalistas das categorias disponíveis para votação: Melhor Longa-Metragem Ficção, Melhor Longa-Metragem Documentário, Melhor Longa-Metragem Estrangeiro e, pela primeira vez, Melhor Longa-Metragem Ibero-Americano.

 
29° Cine Ceará anuncia os sete longas selecionados para a Mostra Competitiva Ibero-americana
Qua, 24 de Julho de 2019 14:11

Cine_Ceara_anuncia_os_sete_longas_selecionadosSete filmes inéditos no Brasil, entre os quais dois brasileiros em première mundial, vão compor a Mostra Competitiva Ibero-americana de Longa-metragem do 29º Cine Ceará, que acontece de 30 de agosto a 6 de setembro em Fortaleza. Cinco dos filmes chegam com passagens bem-sucedidos por alguns dos mais importantes festivais do mundo, como Cannes, Berlim, Toronto e Roterdã.

O documentário “Vozes da Floresta”, da carioca Betse de Paula, e “Notícias do fim do mundo”, do cearense Rosemberg Cariry, são os dois longas que terão estreia mundial no Cine Ceará.

 
Adelmario Coelho lança clipe de ‘Anjo Querubim’ com participação de Ivete Sangalo
Sáb, 20 de Julho de 2019 05:18

ADELMARIO_IVETE_DIVULGAO_2Que o DVD “Carrossel do Tempo Live Show” representa um lindo projeto para o entretenimento musical nordestino, todo mundo já sabe. Após lançar o clipe da música “Namorada Preferida”, hit que encabeçou o projeto e se destacou como a música de trabalho do período junino para Adelmario Coelho este ano, o forrozeiro apresenta ao público o clipe da música “Anjo Querubim”. Uma composição de Petrúcio Amorim, a canção ficou conhecida nacionalmente na voz de Adelmario e passou a ser interpretada também por outros cantores de forró. No DVD “Carrossel do Tempo Live Show” a música ganha uma versão especial e ainda mais surpreendente, já que é cantada em um lindo dueto entre Adelmario e a cantora Ivete Sangalo, uma das maiores artista do país.

 
Cinemateca da Bahia realiza visita guiada, empréstimo de filmes, pesquisas e ações formativas gratuitas
Qui, 18 de Julho de 2019 16:09

Cinemateca_PlinioGomesA Cinemateca da Bahia, lançada este ano pela Fundação Cultural do Estado, através da Diretoria de Audiovisual, visa preservar a memória do audiovisual baiano, salvaguardar bens materiais e imateriais, estimular a pesquisa e principalmente dinamizar o acesso do público. Com mais de 10 mil de itens, a Cinemateca está localizada em um amplo casarão branco com janelas verdes, na Rua do Tijolo, nº 15, Pelourinho.

A Cinemateca possui um valioso acervo constituído de obras do cinema brasileiro e baiano. No local, tanto pesquisadores como estudantes podem dispor de títulos de filmes como: Um dia na rampa (1960), de Luiz Paulino dos Santos; A Grande Feira (1961), de Roberto Pires; Bahia de Todos os Santos (1961), de Trigueirinho Neto; A coleção invisível (2013), de Bernard Attal, além de um acervo obras de ficção, documentários, cine-jornais, filmes publicitários e registros familiares nacionais, produzidos desde 1927.

 
«InícioAnterior101102103104105106107108109110PróximoFim»

Página 109 de 113

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.466Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.332Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.200Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.091Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.249Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.027Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

HUMOR

  • O gigante voltou a dormir_1
  • Categoria: Charges
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?