Salvador, 14 de June de 2021
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Música
Calendário de Eventos help
Weekly View
Ver por Semana
Daily View
Veja Hoje
Categories
Ver por Categorias
Search
Buscar
Balé Teatro Castro Alves e Orquestra Sinfônica da Bahia em: “A História do Soldado”
Domingo 25 Outubro 2020, 11:00

Acessos : 32

O Teatro Castro Alves (TCA) exibe em mais uma edição virtual do seu Domingo no TCA o espetáculo “A História do Soldado”, estreado em 2019 como resultado do trabalho conjunto entre o Balé Teatro Castro Alves (BTCA) e a Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA). Os dois corpos artísticos da Bahia fazem renascer a obra da composição do russo Igor Stravinsky (1882-1971), a partir de texto do suíço Charles-Ferdinand Ramuz (1878-1947). Com texto e direção de Wanderley Meira, coreografia de Jorge Silva e regência de Eduardo Torres, o registro em vídeo entra no ar no dia 25 de outubro, às 11h, no canal de YouTube do TCA (www.youtube.com/teatrocastroalvesoficial).

A concretização deste trabalho é evidência dos potenciais do Complexo do Teatro Castro Alves, que reúne as duas companhias públicas mantidas pelo equipamento, através da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e da Secretaria de Cultura do Governo do Estado da Bahia (SecultBA). Reforçando a aproximação de ambos como prioridade de gestão, a releitura ratifica a colaboração do Centro Técnico do TCA, onde a produção cênica foi concebida. Além disso, o Domingo no TCA na internet amplia o alcance da criação coletiva, levando a grande público, gratuitamente, uma releitura dessa obra atemporal.

A adaptação mantém intacta a versão original da composição musical, mas faz a história do soldado que vende seu violino ao diabo ganhar uma discussão contemporânea sobre o lugar do artista e da arte na atualidade. Wanderley Meira, diretor artístico do BTCA, conta que o objetivo é dialogar com a ideia de soldados-artistas que podem ser diabos das suas próprias trajetórias: “A obra é sobre a persistência e a resistência dos artistas que mantêm a marcha, apesar dos desvios e obstáculos” – tema ainda mais discutido nas circunstâncias dos dias de hoje.

Para Carlos Prazeres, diretor artístico da OSBA, o coração do TCA é formado pelos seus dois corpos estáveis. “Ver este coração pulsando saudável para correr maratonas deve ser o nosso objetivo. Foi com este intuito que a OSBA fez o convite ao BTCA. ‘A História do Soldado’ veio para reafirmar e solidificar esta união, que deve ser celebrada a cada segundo”, assegura.

Em 2020, essa parceria origina um conjunto de seis criações inéditas estreadas quinzenalmente no “Voltando aos Palcos”, que marca o primeiro passo na retomada do uso dos palcos do TCA, com transmissão ao vivo no canal de YouTube do TCA e na TVE Bahia, quinzenalmente, às sextas-feiras, até 11 de dezembro.

DANÇA DE ORIXÁS GUERREIROS E TRILHA HISTÓRICA – Convidado para assinar a coreografia de “A História do Soldado”, Jorge Silva pensa o fazer artístico diário, apresentando os dançarinos como mulheres e homens comuns. Atravessados por traços das culturas afrodescendentes, os movimentos são inspirados nos orixás guerreiros, como Ogun e Iansã, partindo dos gestos cotidianos e da relação dos diversos corpos do BTCA com objetos.

Na trilha, o espetáculo apresenta o trabalho do russo Igor Stravinsky, que explora uma enorme diversidade rítmica, extrapolando características do chamado “período russo”. A composição explora o material popular nacional, contemplando desde a marcha militar até danças mais populares, como tango, valsa e pasodoble espanhol. Mesmo com instrumentação reduzida, a ousadia faz dessa composição mais do que uma peça de câmara. A obra estreou em 1918, na cidade suíça de Lausanne, com formação de sete instrumentistas, número mantido nesta versão baiana.

Para compor o enredo, os atores Daniel Farias e Fernanda Silva participam como narradores convidados. Cenário, figurino e maquiagem foram assinados por Zuarte Júnior e a iluminação é de João Sanches.

DOMINGO NO TCA – O Domingo no TCA é uma iniciativa do Teatro Castro Alves, Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), que se compromete em ampliar e diversificar o seu público frequentador, oferecendo-lhe acesso a espetáculos qualificados, das mais diversas linguagens artísticas. Desde 2007, com mais de 150 edições e cerca de 200 mil espectadores, o projeto engloba apresentações de música, teatro, dança, circo, cinema, de variados estilos e proposições estéticas, da Bahia, do Brasil e do mundo.

DOMINGO NO TCA

Balé Teatro Castro Alves e Orquestra Sinfônica da Bahia em:

“A História do Soldado”

Quando: 25 de outubro de 2020 (domingo), 11h

Onde: Exibição através do canal do Teatro Castro Alves no YouTube

Contato   Exibição através do canal do Teatro Castro Alves no YouTube www.youtube.com/teatrocastroalvesoficial

Valor Grátis

A adaptação mantém intacta a versão original da composição musical, mas faz a história do soldado que vende seu violino ao diabo ganhar uma discussão contemporânea sobre o lugar do artista e da arte na atualidade.

 

Voltar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.372Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.250Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.190Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.046Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.155Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.138Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • A Justiça brasileira_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?
 

Compartilhe: