Salvador, 14 de June de 2024
Acesse aqui:                
Banner
facebookorkuttwitteremail
MST realiza Jornada em Defesa da Natureza e seus Povos na semana do meio ambiente
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Seg, 03 de Junho de 2024 19:31

MST_realiza_Jornada_em_Defesa_da_Natureza_e_seus_Povos_na_semana_do_meio_ambienteCom o objetivo de avançar na construção de ações de solidariedade às famílias atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul e de denunciar o agronegócio frente à crise ambiental e o aumento dos eventos climáticos extremos, a Jornada organiza um conjunto de atividades de luta envolvendo trabalhadores e trabalhadoras Sem Terra de todo o Brasil.

Além disso, a iniciativa anuncia a Reforma Agrária Popular como necessária e urgente para se combater a crise ambiental, por meio da democratização da terra e da massificação de um modelo produtivo baseado na agroecologia e no desenvolvimento de novas relações sociais.

A Jornada é construída na semana em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho. Esse dia foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1972, com a finalidade de chamar a atenção de todas as esferas da população para os problemas ambientais e para a importância da preservação dos bens naturais.

 O agronegócio desmata os biomas brasileiros

 Segundo o Relatório Anual de Desmatamento no Brasil, da MapBiomas, em 2023, Amazônia e Cerrado representaram mais de 85% da área total desmatada no país. O Cerrado ultrapassou a Amazônia pela primeira vez e apresentou a maior área desmatada entre os biomas, totalizando 1.110.326 hectares, um aumento de 67,7%. Na Amazônia, houve redução de 62,2% comparado ao ano anterior.

 No Pantanal, houve aumento de 59,2% no desmatamento, assim como na área média dos alertas, com aumento de 35,9%, resultando em 158,2 hectares de área média dos eventos de desmatamento.

 Em números totais, o Brasil perdeu nos últimos 5 anos cerca de mais de 8,5 milhões de hectares de vegetação nativa. Isso equivale a duas vezes a área do estado do Rio de Janeiro.

 O relatório da MapBiomas aponta também que o desmatamento por pressão da Agropecuária responde por mais de 97% de toda a perda de vegetação nativa no Brasil nos últimos cinco anos. Na Caatinga, o desmatamento associado ao vetor de pressão de empreendimentos de energia solar e eólica aumentou para 24%, com a perda de mais de 4.302 hectares.

 Mais de 37 mil hectares já foram desmatados por pressão do Garimpo, afetando principalmente o estado do Pará.

Ação mobiliza famílias Sem Terra em todo o país entre os dias 1º e 8 de junho

A partir deste sábado, 1 de junho, até o dia 8, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) realiza a Jornada Nacional em Defesa da Natureza e seus Povos.


Compartilhe:

 

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • mariofoto1_MSF20240207-149Lavagem Funceb. 08.02.24. Alb 2. Foto: Mário Sérgio
  • mariofoto1_MSF20240207-016Lavagem Funceb. 08.02.24. Alb 1. Foto: Mário Sérgio
  • mariofoto1_MSF20240203-081Fuzuê Alb 1. 03.02.2024. Fotos: Mário Sérgio
  • mariofoto1_MSF20240203-138Fuzuê Alb 2. 03.02.2024. Fotos: Mário Sérgio
  • mariofoto1_MSF20240203-222Fuzuê Alb 3. 03.02.2024. Fotos: Mário Sérgio
  • mariofoto1_MSF20240203-314Fuzuê Alb 4. 03.02.2024. Fotos: Mário Sérgio
  • mariofoto1_MSF20240112-0810Beleza Negra do ilê. Alb 1. 13.01.24 By Mario Sérgio
  • mariofoto1_MSF20240112-1109Beleza Negra do ilê. Alb 2. 13.01.24. By Mário Sérgio
  • mariofoto1_MSF20240112-1308Beleza Negra do Ilê. Alb 3. 13.01.24 By Mário Sérgio
  • mariofoto1_MSF20240112-1461Beleza Negra do Ilê. Alb 4. 13.01.24 By Mário Sérgio

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

HUMOR

  • O gigante voltou a dormir_1
  • Categoria: Charges
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?