Salvador, 14 de December de 2019
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Exposição
Calendário de Eventos help
Mês anterior Dia anterior Próximo Dia Próximo Mês
Ver por Semana Veja Hoje Buscar
Exposição Salvador em Preto e Branco do arquiteto e urbanista Isaías de Carvalho Santos Neto
Segunda-feira 19 Agosto 2019, 11:30 - 17:30

Acessos : 1239

É hoje (8) o lançamento do projeto Salvador em Preto e Branco, do arquiteto e urbanista Isaías de Carvalho Santos Neto, marcando 60 anos do Museu de Arte Sacra da Bahia. O evento acontece nas dependências do MAS a partir das 19h com um coquetel aberto ao público. Salvador em Preto e Branco traz um retrato no mínimo inusitado da capital baiana, com mais de 60 imagens feitas à mão com a caneta de bico de pena, através da técnica do pontilhismo. O trabalho ilustra 11 localidades da capital baiana, com textos de diversos autores que trazem curiosidades sobre a cidade para o público. Além do livro, as imagens farão parte da exposição que fica em cartaz até o dia 09 de setembro no museu.

Salvador em Preto e Branco, livro publicado pela Editora da Universidade Federal da Bahia (EDUFBA), traz as nuances de distintas paisagens de Salvador com textos de vários autores, que revelam curiosidades e informações pouco conhecidas sobre cada uma delas. “Quero contar uma história. Reproduzo fotografias antigas e cartões postais, mas suprimo alguns elementos, acrescento outros, é o meu olhar sobre o lugar”, revela Isaías de Carvalho. “Por outro lado, quero que a pessoa que veja as minhas imagens evoque o que quiser daquela paisagem”, ressalta o arquiteto e urbanista.

A obra divide a cidade em 11 categorias, adjetivando suas paisagens. A Paisagem Pioneira, por exemplo, mostra onde tudo começou, com destaque para o Porto da Barra; a Paisagem Construída traz a Igreja da Sé como protagonista, sendo a catedral da diocese e posteriormente da arquidiocese de Salvador; a Paisagem Profana se refere à Cidade Baixa, um lugar de encontros, onde chegavam e saíam as embarcações e marcada pela agitação social, prostituição, presença de bares e botecos; a Paisagem Escondida contempla a região do Dique do Tororó, muito admirada pelo autor, e que teve boa parte da sua área aterrada; já a Paisagem Ausente remete à noite soteropolitana, com ruas ocupadas apenas em grandes eventos populares, como carnaval e festas de largo.

Cidade Baixa

A Praça Castro Alves, considerada praça matriz, integra a Paisagem Helênica, seria a ágora das decisões políticas; a Paisagem Herdeira traz a Ladeira e a Praia da Preguiça, onde os escravos passavam carregando sacos pesados com mercadorias de forma penosa, corroborando com a imagem preconceituosa de que os baianos seriam preguiçosos; já a Paisagem Umbilical se refere à Baía de Todos os Santos, por onde os portugueses chegaram, tendo o Forte de São Marcelo como Umbigo da Bahia; enquanto a Paisagem Visceral retrata a região de Patamares, na qual, mesmo depois da proibição do tráfico de negros, os escravos chegavam e o local ficou conhecido como Praia do Chega Negro; a Paisagem Fragmentada, que abrange a Avenida Otávio Mangabeira (orla) e Amaralina, que, apesar da paisagem contínua, possuem histórias muito distintas e peculiares; e por fim, a Paisagem Feudal, representada pelo Castelo Garcia D´Ávila, nos arredores da cidade.

Museu de Arte Sacra

O lançamento do livro e da exposição Salvador em Preto e Branco marca também as comemorações de 60 anos do Museu de Arte Sacra da Bahia. O MAS encontra-se consolidado como um dos mais importantes museus no gênero nas Américas, não somente pela sua rara e preciosa coleção de Arte Sacra Cristã, mas também por possuir um dos mais destacados conjuntos arquitetônicos seiscentistas brasileiros. Instalado no antigo Convento de Santa Teresa, o museu foi inaugurado em 10 de agosto de 1959, pelo então Reitor da Universidade Federal da Bahia, Edgar Santos, nascendo como o primeiro museu universitário do estado, voltado não apenas à valorização patrimonial, mas à disseminação do conhecimento, através de cursos e pesquisas.

Sobre o autor

Nascido no bairro de Brotas, Isaias de Carvalho Santos Neto é arquiteto, graduado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia (UFBA), onde lecionou por 20 anos. É mestre em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA e doutor em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (USP). Integrou, por cerca de dez anos, o quadro de docentes da Escola de Administração da UFBA.

 

Valor Grátis

Quando – Coquetel de Lançamento em 8 de agosto, quinta-feira, das 19h às 23h. Visitação - 9 de agosto a 9 de setembro (de segunda a sexta, das 11h30 às 17h30)

Localização  Museu de Arte Sacra
R. do Sodré, S/N - Centro, Salvador - BA
Brasil/Bahia/Salvador
40060-240

Compartilhe:

Voltar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 30.11.19.0125ª Marcha do Emp Crespo 30 Nov por Alberto Lima
  • 01.12.19.042Caminhada Samba. 01.Dez. Por Edgar de Souza
  • 10.11.19.019Festival Radioca.10 Nov, Por Rafael Passos
  • 28.09.19.017Rock Rural Janah e Raul. Casarão. 28 Set 2019
  • 06.03.19.068Patuskada para Exu Bouzanfrain. 06 Mar 2019
  • 05.03.19.255Carnaval no Pelô. Alb 2. 05 Mar 2019

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Ano sagrado de Dois Mil e Netflix_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?
 

Compartilhe: