Salvador, 20 de January de 2019
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Teatro
Calendário de Eventos help
Weekly View
Ver por Semana
Daily View
Veja Hoje
Categories
Ver por Categorias
Search
Buscar
Beira de Estrada com a Cia Finos Trapos
Quinta-feira 08 Novembro 2018, 19:30 - 20:30

Acessos : 396

O público de Salvador terá oportunidade de assistir BEIRA DE ESTRADA, décimo espetáculo de repertório do Grupo de Teatro Finos Trapos, com estreia marcada para o dia 07 de novembro e temporada nos dias 08, 09, 10 (quinta-feira, sexta-feira e sábado) 14, 15 (quarta e quinta-feira) 21, 22, 23(quarta, quinta e sexta-feira) às 19h30 e sessão extra no dia 23/10  às 16h, no Teatro SESC-SENAC Pelourinho (Largo do Pelourinho, 19 – Pelourinho), gratuito.

Três atores, três destinos ou mesmo três amigos desbravam o mundo com o desejo de levar a beleza da arte de interpretar e de revelar  como os meandros desse ofício podem representar de maneira bastante lírica e metafórica o contexto social das relações e escolhas de uma sociedade. O espetáculo tem em sua dramaturgia construída de forma colaborativa e recorre a inspirações de cenas que remetem ao universo das tragédias gregas.  O público terá oportunidade de ver esta narrativa no palco tramada pelos atores Yoshi Aguiar, Thiago Carvalho e Frank Magalhães, que também assina a direção do espetáculo (indicado ao Prêmio Braskem de Teatro 2014, como revelação diretor pelo espetáculo O Vento da Cruviana).

Como marca do Grupo de Teatro Finos Trapos este trabalho tem a musicalidade presente como um lastro para contar a narrativa. A trilha de ‘BEIRA DE ESTRADA’ foi composta originalmente para o espetáculo, destaca-se nas composições o lirismo através dos versos, desenhando texturas em que enaltece e gera ricas imagens de delicadeza.  O jovem Gabriel Carneiro é o diretor musical.

O Grupo de Teatro que completou 15 anos vem desenvolvendo o Projeto de Manutenção intitulado “Abrigo e Morada Ano II”, desde janeiro de 2018.  O grupo desenvolve um trabalho continuado de repertório de espetáculos e realização de atividades de pesquisa, produção de eventos culturais e fomento das Artes Cênicas na Bahia. Seu teatro contemporâneo com sotaque regional fundamentado na filosofia do trabalho em grupo e no imaginário da cultura de tradição popular nordestina já possui reconhecimento de público e crítica registrado nas indicações a Prêmios e aprovação em Editais Públicos Estaduais e Nacionais. Fazem parte do Fino Repertório os espetáculos: “Sussurros...” (2004), “Sagrada Folia” (2005), “Sagrada Partida” (2007), “Auto da Gamela” (2007), “Gennésius – Histriônica Epopéia de um Martírio em Flor” (2009), “Berlindo” (2011) e “O Vento da Cruviana” (2014), “Mós Aì Quê” (2017), “Ponta D’Areia, Pedaço do Céu” (2018).

FORMAÇÃO DE PÚBLICO

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

SAIBA MAIS SOBRE ‘BEIRA DE ESTRADA’

Esta peça é uma manifestação de carinho aos artistas do palco e aos que correm pelos palcos das estradas, é uma tela que representa eexpõe fragilidades, desejos, hilárias situações que se acrescentam ao jogo da coexistência entre a plateia e o artista.

Por longas caminhadas na beira das estradas as situações são entrelaçadas entre o ofício dos atores de trazer a alegria e a reflexão às pessoas que assistirão cada cena, nos locais de suas paradas, mas também, aos questionamentos pessoais de cada artista, que versam sobre a valorização e a existência do profissional das artes e de sua valorização na sociedade.

A narrativa se estabelece entre caminhadas e paragens em que o trio de atores assume, assim, uma simbologia do passado/presente e de previsões para o futuro, um anseio perseguido pelo homem de estar sempre à frente do que estar por vir, como se isto possibilitasse um melhor lugar no destino. Fazendo, desse modo, uma analogia entre a essência da arte do ator que é “fingir” e ao mesmo tempo de o de ter sua licença ao sentimento de “fé” necessário para se acreditar em tudo que está sendo dito. O jogo com a plateia se estabelece através das coisas elementares, e por vezes complexas, mas trazidas com a simplicidade de saborear um cafezinho passado por um improvisado coador de pano. O que se deseja apresentar é a ideia de quase andarilhos que carregam  em suas pesadas vestes quinquilharias que se transformam durante o jogo cênico em objetos de proteção e afagos nessa dança infinita pelo tempo.

SERVIÇO

Estreia: 07 de novembro (quarta)

Temporada: 08, 09, 10 (quinta-feira, sexta-feira, sábado) 14, 15, (quarta-feira e quinta-feira) 21, 22, 23(quarta-feira a sexta-feira) 

Local: Teatro SESC Pelourinho (Largo do Pelourinho, 19 - Pelourinho, Centro Histórico, Salvador)

Horário: 19:30h  ? 16:00 (sessão extra no dia 23/11)

Duração: 60min

Classificação: 12 anos

Site: www.grupofinostrapos.com.br

Apoio financeiro: Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia- Edital n° 02/2016 - Apoio a Grupos e Coletivos Culturais 2016

Realização: Finos Trapos Produções Culturais - Grupo de Teatro Finos Trapos 

Crédito da imagem: Anderson Rodrigues

FICHA TÉCNICA:

Espetáculo: Beira de Estrada

Encenação: Frank Magalhães

Intérpretes: Yoshi Aguiar, Thiago Carvalho e Frank Magalhães

Criações textuais: Flora Rocha, Frank Magalhães, Rafaelle Aragão, Sérgio Agnelo, Thiago Carvalho e Yoshi Aguiar

Dramaturgia: Flora Rocha e Frank Magalhães

Cenário, Designer e Adereços: Yoshi Aguiar

Figurino: Ramona Azevêdo

Preparação Vocal: Bruno Barboza

Direção Musical e sonoplastia: Gabriel Carneiro

Costureira: Márcia de Azevêdo

Ilustrações: Sérgio Agnelo

Iluminação: Frank Magalhães, Yoshi Aguiar e Sérgio Agnelo

Operador de luz: Sérgio Agnelo

Fotografia e captação de imagens: Anderson Rodrigues

Coordenação de Produção: Thiago Carvalho

Assistentes de produção: Flora Rocha, Ive Carvalho, Rafaelle Aragão, Sérgio Agnelo

Mediação Cultural: Poliana Bicalho - Criare Projetos Culturais e Educacionais

 

Valor Gratuito

Três atores, três destinos ou mesmo três amigos desbravam o mundo com o desejo de levar a beleza da arte de interpretar e de revelar como os meandros desse ofício podem representar de maneira bastante lírica e metafórica o contexto social

Localização  Teatro SESC-SENAC Pelourinho
R. Ruy Barbosa, 19 - Centro
Brasil/Bahia/Salvador
40020-070
(71) 3324-4502

Compartilhe:

Voltar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 13.01.19.176Palco Big Band. Alb 2. 13 Jan. Patio Igreja
  • 13.01.19.039Palco Big Band. Alb 1. 13 Jan. Patio Igreja
  • 10.12.18.41Ensaio Cortejo Afro p/Edgar Souza. 10 Dez 2018
  • 07.12.18.020Festa Angola 70. Casa de Angola. 07 Dez 2019
  • 03.12.18.001Ensaio Cortejo Afro p/Edgar Souza. 03 Dez 2018
  • 30.11.18.082Maracatu Ventos de Ouro e a Corda. 30 Nov 2018

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

HUMOR

  • Aves de Rapina_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?
 

Compartilhe: