Salvador, 01 de April de 2020
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Teatro
Calendário de Eventos help
Weekly View
Ver por Semana
Daily View
Veja Hoje
Categories
Ver por Categorias
Search
Buscar
A Tempestade
Domingo 26 Janeiro 2020, 19:00

Acessos : 574

De 03 de janeiro a 12 de abril (com intervalo em fevereiro) a Companhia Teatro dos Novos comemora seus 60 anos de existência com a montagem de A Tempestade, a partir de texto do dramaturgo inglês William Shakespeare e dirigida pelo encenador Marcio Meirelles que, com esse trabalho alcança a marca de 110 espetáculos teatrais dirigidos, em mais de 40 anos de carreira.

Uma Ilha surgiu em nosso mundo no começo do século XVII e deste então flutua sobre a realidade, para além do espaço e do tempo. Seus visitantes e aqueles que nela moram encenam, sempre que necessário, uma história de traição e vingança, mas também de esperança e redenção. A cada vez que precisamos saber sobre essa história, como agora no Brasil, eles chegam para nos contar. Chegam com a tempestade que virá.

“É uma peça política. Trata de poder, usurpação, golpes, colonização, decolonização, feminismos, identidades, vingança, compaixão, perdão e libertação. o que fazemos desta peça, o tempo em que vivemos nos diz claramente”, esclarece Marcio Meirelles.

No elenco da montagem temos atores convidados já conhecidos do público baiano, como Lúcio Tranchesi, Jackson Costa, Daniel Calibam e Thor Vaz também participam da montagem Chica Carelli, Loiá Fernandes, Rodrigo Lélis, Ariel Oliveira, Meniky Marla e Vick Nefertiti e demais artistas da Companhia Teatro dos Novos, além dos integrantes da universidade LIVRE e os selecionados na oficina. Ao todo, 30 atores e atrizes estarão no palco durante a temporada da montagem que também prevê música ao vivo feita pelo elenco e músicos.

A estreia do espetáculo acontece em Janeiro, mas seu processo de criação já teve início em setembro. Financiado pelo edital Gregórios - Ano II, da Fundação Gregório de Mattos (Prefeitura de Salvador), o projeto A Tempestade inclui oficinas, leituras dramáticas, exposições, ensaios abertos e apresentações do espetáculo mediadas para a comunidade soteropolitana.

Até novembro acontecem as leituras dramáticas e debates em três Espaços Culturais Boca de Brasa (Prefeitura de Salvador). A iniciativa pretende promover o intercâmbio de experiências entre o grupo da montagem e os grupos artísticos dos locais. Também em novembro e dezembro o projeto abre sua temporada de ensaios abertos da montagem. Serão oito ao todo, planejados para que seja possível acompanhar as dinâmicas processuais. Tanto durante os ensaios abertos, quanto ao longo da temporada, o projeto prevê ingressos gratuitos para 20% do público que esteja engajado no programa de mediação cultural de A Tempestade (escolas, universidades, comunidades, associações de bairros).

Os ingressos custam R$40 e R$20 e já estão a venda com preços promocionais. Quem comprar até dia 02 de janeiro, paga R$30 e R$ 15 para as apresentações de janeiro, março e abril. E durante toda a temporada teremos venda promocional para quem comprar antecipado: quem compra em fevereiro para as apresentações de março, paga R$30 e R$ 15 e quem comprar em março para as apresentações de abril também paga R$30 e R$ 15.

A TEMPESTADE

Texto William Shakespeare

Tradução Barbara Heliodora Orientação de revisão da tradução José Roberto O'shea

Encenação Marcio Meirelles

Assistência de direção Carolina Lira, Clara Romariz

ELENCO

Teatro Dos Novos Ariel Oliveira (Sebastian); Chica Carelli (Ariel), Loiá Fernandes (Caliban), Meniky Marla (Espírito de Ariel), Rodrigo Lélis (Miranda) Vick Nefertiti (Trínculo) Atriz/Atores Convidados Daiana Brito (espírito de ariel), Daniel Calibam (Alonzo) Hugo Bastos (Ferdinando), Jackson Costa (Stephano) Lúcio Tranchesi (Próspero) Thor Vaz (Antônio), Yan Britto (Gonzalo) Universidade LIVRE do Teatro Vila Velha Ágata Couto (Espírito de Ariel) Ananda Brasileiro (Espírito de Ariel), Ana Pillar (coro) Anne Cardoso (Espírito de Ariel), Clara Torres (Espírito de Ariel), Fernanda Barbosa (coro), Jordan Dafné (Mestre), Ju Costa (Espírito de Ariel), Lucas Lima (Adrian), Michel Santana(Contramestre), Rebeca Lima (coro),Tatiana Semêdo (Coro),Tiago Menegaz (Francisco).

Música Aurata (Pedro Oliveira Barbosa e Ramon Gonçalves), Loiá Fernandes

Cenário Erick Saboya

Figurino Marcio Meirelles e Zuarte Jr.

A Companhia Teatro dos Novos

A então Sociedade Teatro dos Novos foi criada em 1959 e composta por Othon Bastos, Carlos Petrovich, Sônia Robatto, Echio Reis, Tereza Sá (Maria Francisca), Carmem Bittencourt, além do diretor João Augusto. Todos eles nomes imprescindíveis ao cenário teatral baiano e brasileiro a partir dos anos 1960. Em 1964 o grupo inaugurou o Teatro Vila Velha com o objetivo de ter um espaço para criar, produzir e pensar sua época numa perspectiva ampla, através do teatro, explorando novas linguagens e colocando-se na vanguarda das artes cênicas na Bahia. Ao longo de seis décadas a companhia teve diferentes formações. Em 1995 a Sol Movimento da Cena estabelece parceria com o Teatro dos Novos que inicia experimentos como o 3&Pronto e oficinas. Com a reinauguração do Vila, em 1998, sob a direção artística de Marcio Meirelles conduzindo os atores do grupo original, participantes das oficinas e convidados, o Teatro dos Novos retoma plenamente suas atividades artísticas. Em 2018, seu diretor artístico e a atriz e diretora Chica Carelli mais uma vez reestruturaram o Teatro dos Novos, com jovens atores e atrizes da universidade LIVRE, programa de formação em artes do palco, desenvolvido e mantido pela Companhia.

Desde sua criação o Teatro dos Novos já montou 53 espetáculos, além de participar da produção de muitos outros.  Desde o início, experimentação tem sido o eixo conceitual das produções da companhia e o Teatro dos Novos promove tanto o diálogo com autores de seu tempo, quanto à contextualização de autores clássicos e seus temas para a paisagem conturbada do tempo contemporâneo. O Teatro Vila Velha conta com apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

 

Valor R$ 40 (Inteira) e R$ 20 (Meia)

Próspero, o Duque de Milão, sofre um golpe de estado tramado por seu irmão Antônio e é exilado em uma ilha com sua filha, Miranda. Lá, anos depois, manipula as forças da natureza, através da magia, para retomar o poder perdido.

Localização  Teatro Vila Velha
Av. Sete de Setembro, s/n Passeio Público - Campo Grande
Brasil/Bahia/Salvador
40080-005

Compartilhe:

Voltar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.389Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.313Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.192Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.091Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.175Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.029Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

HUMOR

  • Sumário_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?
 

Compartilhe: