Salvador, 05 de August de 2020
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Cidadania


Xadrez da Lava Jato como bode expiatório da hipocrisia nacional, por Luis Nassif
Cidadania
Ter, 04 de Agosto de 2020 07:31

Luis_Nassif3A Justiça de Transição que o país necessita não é a a execração pública de pessoas. É uma desafio institucional, um pacto entre poderes, especialmente aqueles que mais responsáveis pelo macarthismo do período anterior, assumindo as culpas institucionais.

 
A essência do governo é o neoliberalismo. Por Emir Sader
Cidadania
Ter, 04 de Agosto de 2020 07:16

Emir_SaderO capitalismo internacional assumiu o modelo neoliberal como o seu, em todas as partes do mundo, em todas as circunstâncias. Todos os governos de direita assumiram esse modelo.

No Brasil, a direita agiu, desde que  passou a governar o país, de todas as formas, para tratar de retomar esse modelo. Primeiro pelas eleições, quatro vezes, depois pelo golpe contra a Dilma.

 
Sai o "Livro das Suspeições", 1ª obra de fôlego sobre o terror da Lava Jato. Por Reinaldo Azevedo
Cidadania
Ter, 04 de Agosto de 2020 06:27
reinaldo-azevedoDe agora em diante, a cada vez que você, internauta, se deparar com um artigo sobre a Lava Jato, procure saber — pergunte nas redes sociais — se o autor leu "O Livro das Suspeições", que acaba de ser lançado pelo Prerrogativas, grupo de advogados que luta em favor do devido processo legal. Trata-se de um conjunto de 31 artigos e um "post scriptum" de autoria de 40 advogados e juristas — alguns textos, portanto, têm mais de um autor —, organizado por Lenio Streck e Marco Aurélio de Carvalho.
 
Quem critica Alexandre Moraes defende a conta CC5 na tecnologia. Por Luis Nassif
Cidadania
Dom, 02 de Agosto de 2020 03:17

Luis_Nassif3É incompreensível essa discussão sobre a decisão do Ministro Alexandre de Moraes, de obrigar as redes sociais a impedirem conteúdos proibidos por ele, também em perfis sediados em outros países.

Pode-se discutir se a decisão se configura em censura prévia ou não. Dado o histórico do conteúdo desses perfis, e os indícios de financiamento empresarial para sua atividade, não há como confundir com censura prévia.

 
A democracia pede o fim da Lava Jato e a criação da Unac Por Reinaldo Azevedo
Cidadania
Sáb, 01 de Agosto de 2020 04:30

reinaldo-azevedoNada é mais importante no país do que resgatar o devido processo legal, soterrado pelo imoralismo lavajatista, que destruiu princípios, valores e procedimentos sob o pretexto de combater o malfeito. Assim, a criação da Unac (Unidade Nacional de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado) é uma prioridade.

Depois será preciso mudar as leis 12.846 (de leniência) e 12.850 (das delações) para que o país deixe de ser governado por agentes do Estado convertidos em achacadores de chantageados convertidos em delatores.

Última atualização em Dom, 02 de Agosto de 2020 02:40
 
Moro precisa falar dos arapongas. Por Moisés Mendes
Cidadania
Dom, 26 de Julho de 2020 03:09

moises-mendesSergio Moro era citado, antes mesmo do início do governo, em 10 de cada 10 observações sobre a ameaça de aparelhamento do Estado por Bolsonaro.

O ex-juiz seria o subalterno escolhido a dedo, pelo histórico na Lava-Jato, para cuidar da bisbilhotagem nos aparelhos bolsonaristas.

Poderia ser de Moro a tarefa de montar a estrutura de polícia política, como suporte paralelo à área que cuida oficialmente da inteligência.

 
Classe média contribui para relações bárbaras de trabalho, diz sociólogo . Por Paula Soprana
Cidadania
Dom, 26 de Julho de 2020 00:50

Jesse_SouzaPesquisador sobre a classe média brasileira, o sociólogo Jessé Souza, doutor pela Universidade de Heidelberg, na Alemanha, considera a emergente mobilização de entregadores consequência de uma política ampla de desconstrução institucional do trabalhador.

Para ele, o pano de fundo da popularização do modelo de negócio dos aplicativos, que não pressupõe vínculo empregatício, é uma classe média que autoriza que relações trabalhistas sejam fragilizadas.

 
Sou vítima de violência por fake news, mas discordo da decisão do Supremo. Por Leonardo Sakamoto
Cidadania
Dom, 26 de Julho de 2020 00:42

Leonardo_SakamotoJá apanhei na rua por conta de fake news criada contra mim. Já fui alvo de cusparada por quem acreditou em fakes absurdas, como eu ser "matador de pessoas idosas". Ameaçado de morte várias vezes - não aquelas ameaças anônimas pelas redes sociais, mas abordado fisicamente por gente transbordando de raiva que se guiaram por mentiras. Já me atacaram em supermercados, em restaurantes. Já fui alvo de campanha digital cujo mote era que eu precisava morrer. Já houve megaempresa que pagou para bombar fake news contra mim, o que foi revelado após longa investigação e quebras de sigilo pela Justiça. Toda essa situação, de ataques à reputação e à integridade física, ocorre há mais de seis anos.

 
Preto no Branco Desigualdade racial é realidade que muitos fingem não ver. Por Antonio Prata
Cidadania
Ter, 21 de Julho de 2020 08:01

antonio-prataNasci em São Paulo, filho de uma jornalista e um escritor, de classe média alta, branco. Na vila em que morei até os catorze anos, no Itaim Bibi, não havia um único morador negro. Aos dois anos fui para a pré-escola, onde não havia um aluno negro. Nem professor. No ensino fundamental, mudei para um colégio maior. Entre os mil alunos, não havia um negro. Nem professor. Tampouco havia aluno ou professor negro nas minhas classes do ensino médio.

Última atualização em Ter, 21 de Julho de 2020 08:09
 
Quanto maior o colapso do governo, maior a virulência da guerra cultural”, diz pesquisador da Uerj. Por Ciro Barros
Cidadania
Dom, 19 de Julho de 2020 03:13

joao-cezar-de-castro-rocha-img1João Cezar Castro Rocha, professor titular de literatura comparada da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), vem se dedicando a entender o que ele chama de guerra cultural bolsonarista. O resultado de sua pesquisa é o livro Guerra cultural e retórica do ódio: crônicas do Brasil, que deve ser lançado no fim de junho deste ano pela editora Caminhos.

Em seu livro, Castro Rocha busca se afastar das ideias mais

 
Carta ao amigos. Por Frei Betto
Cidadania
Sáb, 18 de Julho de 2020 02:13

frei-bettoNo Brasil ocorre um genocídio! No momento em que escrevo, 16/7, a Covid-19, surgida aqui em fevereiro deste ano, já matou 76 mil pessoas. Já são quase 2 milhões de infectados. Até domingo, 19/7, chegaremos a 80 mil vítimas fatais. É possível que agora, ao você ler este apelo dramático, já cheguem a 100 mil.Queridos amigos e amigas: Quando lembro que na guerra do Vietnã, ao longo de 20 anos, 58 mil vidas de militares usamericanos foram sacrificadas, tenho o alcance da gravidade do que ocorre em meu país. Esse horror causa indignação e revolta. E todos sabemos que medidas de

 
«InícioAnterior12345678910PróximoFim»

Página 1 de 233

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 24.02.2020.455Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 4. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.286Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 3. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.145Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 2. 24 Fev 2020
  • 24.02.2020.063Desfile Ilê Aiyê. C Grande. Alb 1. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.215Mudança, Magary, Motumbá. C. Grande. 24 Fev 2020
  • 24.02.20.003Didá & Respeita as Minas. Campo Grande. 24 Fev 2020

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

GALERIAS DE ARTE

Mais galerias de arte...

HUMOR

  • Impeachement_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?