Salvador, 19 de February de 2020
Acesse aqui:                
Banner
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Palocci, farsa & comédia. Por Claudio Guedes
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Ter, 19 de Março de 2019 03:17

Claudio_GuedesÉ hoje um espécie de trapo humano. Gostava de política, como tantos da sua geração, mas gostava mais ainda de dinheiro, de boa vida, de farras.

Apesar de circular à vontade no andar de cima, foi pego, o que é raro entre operadores que trabalharam para partidos, nas últimas décadas, nas negociatas envolvendo financiamento das eleições e, no caso dele, como de muitos outros, também para si. Com uma mão ajudava o partido, com a outra o próprio bolso.

Quase todos os operadores do PSDB, do DEM e do PMDB estão soltos e nunca foram incomodados. Muitos já sumiram no mapa mundo, espertos que são. Pegaram agora um do PSDB, o Paulo Preto. Pelo apelido se vê que não é, nem nunca foi, alguém aceito pelo andar de cima. Por isso está enjaulado? É uma boa hipótese.

Palocci, apesar de delações sem nenhuma comprovação e que foram rejeitadas como ineptas pela força-tarefa dos poderosos procuradores da Lava Jato, foi usado pelo juiz Sérgio Moro. Por quê? Porque o objetivo principal do ex-juiz nunca foi fazer justiça mas perseguir o PT e Lula em particular. E para isso Palocci era um prato-cheio. Foi um petista proeminente, próximo de presidentes. Ele ajudou o Moro e o Moro o ajudou, mandando-o para casa apesar de criminoso confesso.

Mas tem mais.

Palocci parece que, para compensar o papel de delator escroto (não é uma redundância, alguns delatores conseguem, apesar de tudo, manter um mínimo de auto-respeito), também gosta de se divertir com os seus algozes.

Só um delegado de polícia, juiz ou procurador, muito burro para levar a sério quando o italiano diz:

"Emílio Odebrecht e Lula fizeram um pacto de sangue" - hehehe! 
Pacto de sangue é algo de adolescentes e de mafiosos ítalo-americanos do século passado, não é?

Ou quando afirma que Lula e Sarkozy acertaram propina sobre transações comerciais envolvendo empresas francesas e o governo brasileiro.

Todo mundo que tem alguma experiência mínima, rasteira que seja, no mundo da política e dos negócios, sabe que, mesmo que houvesse algum tipo de acerto do gênero - e, no caso, não há nenhum indício que tenha havido -, o assunto jamais seria tratado entre dois presidentes. Coisas deste tipo, que muitas vezes acontecem no mundo da política & negócios, são tratadas pelos chamados "operadores".

Palocci está fazendo seus algozes de bobos, tirando sarro deles. É um trapo humano, mas ainda tem um mínimo de humor para sacanear, com estilo, os que compraram sua alma.

Palocci será, na história, o símbolo da desmoralização de Sérgio Moro como juiz e o patético uso por ele das suas delações farsescas para atingir Lula e para interferir nas eleições de 2018.

Por enquanto, Palocci é apenas a face avacalhada do que se transformou a Lava Jato.

Claudio Guedes é empresário

Compartilhe:

 

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 08.02.20.021Sarau Kids com Carlinhos Brown. 09 Fev 2020
  • 30.11.19.002-15ª Marcha do Emp Crespo 30 Nov por Alberto Lima
  • 01.12.19.001Caminhada Samba. 01.Dez. Por Edgar de Souza
  • 10.11.19.123Festival Radioca.10 Nov, Por Rafael Passos
  • 28.09.19.006Rock Rural Janah e Raul. Casarão. 28 Set 2019
  • 06.03.19.155Patuskada para Exu Bouzanfrain. 06 Mar 2019

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS

HUMOR

  • Ano sagrado de Dois Mil e Netflix_1
  • Categoria: Humor
Mais charges...

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?