Salvador, 13 de December de 2019
Acesse aqui:                
facebookorkuttwitteremail
Erro
  • Your server has Suhosin loaded. Please follow this tutorial.
Banda Mulheres em Domínio Público leva música de origem para o Festival do Chocolate
Ajustar fonte Aumentar Smaller Font
Qua, 17 de Julho de 2019 16:27

mulheres_em_dominioA banda ilheense Mulheres em Domínio Público participa da 11ª edição do Festival Internacional do Chocolate e Cacau, onde apresentará o show 'Sindo lê lê", com releituras de cantigas entoadas por lavadeiras, trabalhadoras e trabalhadores das lavouras sul baianas. A apresentação acontece na abertura do evento, no Centro de Convenções, nesta quinta-feira (18), às 18h, com entrada franca.

Este é ao segundo ano consecutivo que a banda participa do Festival. Formada há oito anos, dedica seu primeiro projeto a uma homenagem à sua região, elaborando experimentações sonoras sobre as cantigas de trabalho que sobrevivem à memória de gerações.

 

Por meio de uma pesquisa com marisqueiras da Vila Juerana e com a ex-lavadeira e atriz, Valderez Teixeira, o grupo fez o recorte do cancioneiro regional e formou um repertório rico em diversidade de ritmos. Assim, em janeiro deste ano, lançou o seu primeiro EP 'Sindô lê lê', com seis músicas que podem ser ouvidas em plataformas digitais como iTunes, Spotify, Deezer, Google Play, entre outras. Um videoclipe da faixa-título também está disponível no YouTube.

O nome da banda faz jus tanto à proposta do grupo - de trabalho com releituras de músicas de domínio público - quanto à presença feminina nos vocais, compostos por Tacila Mendes, Geisa Pena, Cris Passos e Ingrid Luise. Mais quatro músicos compõem o grupo: Marcelo Santana (guitarra), Danilo Ornelas (baixo), Lula Soares Lopes (bateria) e Igor Péca (Percussão). O show tem direção artística de Érica Ocké e preparação vocal de Antônio Melo. A apresentação no Festival contará com a participação da triangulista, Mariní Sena.

Para o grupo, as músicas deste espetáculo ganham ainda mais força neste momento em que o sul da Bahia se reinventa com outro olhar sobre o cacau, agora também produzindo e exportando seu próprio chocolate. Assim é com as cantigas, que saem das lavouras e ganham uma nova roupagem e, em alusão ao tree-to-bar, apresentam-se como uma verdadeira música de origem. Para conferir o trabalho da banda, acesse: www.mulheresemdominiopublico.com.br

Mulheres em Domínio Público - Formada em 2011 por ocasião do espetáculo “Em cantos da terra de Jorge”- resultado do edital Calendário das Artes, da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) - desde então, já abriu shows de nomes como Caetano Veloso e Raymundo Sodré, em Ilhéus, além de se apresentar nas Festas Literárias de Ilhéus (2017 e 2018) e Festival de Culturas Populares (2017). O seu primeiro EP 'Sindô lê lê' se configura como um projeto musical pioneiro de registro de releituras dessas canções, na busca por homenagear o povo que construiu a região, sendo muitos migrantes que também trouxeram suas cantigas de outros estados brasileiros. Além de preservar na memória as cantigas, a banda também traz outro olhar sobre esse cancioneiro singular

Compartilhe:

Última atualização em Qui, 18 de Julho de 2019 16:30
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

O MELHOR DO ALDEIA NAGÔ NO SEU EMAIL

CADASTRE-SE EM NOSSO NEWSLETTER:

FOTOS DOS ÚLTIMOS EVENTOS

  • 30.11.19.0145ª Marcha do Emp Crespo 30 Nov por Alberto Lima
  • 01.12.19.029Caminhada Samba. 01.Dez. Por Edgar de Souza
  • 10.11.19.099Festival Radioca.10 Nov, Por Rafael Passos
  • 28.09.19.054Rock Rural Janah e Raul. Casarão. 28 Set 2019
  • 06.03.19.151Patuskada para Exu Bouzanfrain. 06 Mar 2019
  • 05.03.19.253Carnaval no Pelô. Alb 2. 05 Mar 2019

Parabéns Aniversariantes do Dia

loader
publicidade

GALERIAS DE ARTE

ENQUETE 1

Qual é o melhor dia para sair a noite?